Busca avançada
Ano de início
Entree

Jayr de Amorim Filho

CV Lattes ORCID


Ministério da Defesa (Brasil). Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA). Divisão de Ciências Fundamentais (IEF)  (Instituição Sede da última proposta de pesquisa)
País de origem: Brasil

Possui graduação em Engenharia Eletrônica pela Faculdade de Engenharia de São José dos Campos (1987), Mestrado em Física pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica (1989) e Doctorat en Science - Université de Paris XI (Paris-Sud) (1994) pelo qual recebeu a menção "Très Honorable avec Félicitation du Jury", o equivalente a Dez com Louvor. Proferiu diversas palestras, a convite, em conferências internacionais (Estados Unidos, França, Portugal, Japão, Holanda, Bélgica, Canadá, Argentina, Bulgária, Moçambique e Cuba). Trabalhou na implementação do Laboratório Nacional de Ciência e Tecnologia do Bioetanol (CTBE/CNPEM) sendo o Assessor da Diretoria para área de Física e Química. Responsável brasileiro por acordo Brasil-Franca, CNPq-CNRS.É físico experimental atuando em Física de Plasmas e Descargas Elétricas. Desenvolve pesquisas com plasmas gerados por excitação contínua, radiofrequência e micro-ondas para emprego em biologia, medicina e tratamento de biomassas. Especialista em diagnósticos elétricos, espectroscopia óptica e espectrometria de massas de plasmas e de meios reativos como a combustão. É árbitro de revistas internacionais e assessor de agências de pesquisa (Fapesp, CNPq e CAPES). Coordenou projeto temático da Fapesp (2009-2013) sobre aplicações de plasmas para tratamento de biomassa com vistas à produção de bioetanol. Participou de bancas para julgamento de teses em Montreal e Toulouse. É Editor Associado da revista "Frontiers in Physics and Astronomy and Space Sciences". É pesquisador do CNPq, nível 1D. (Fonte: Currículo Lattes)

Matéria(s) publicada(s) na Revista Pesquisa FAPESP sobre o(a) pesquisador(a):
Economía de alcohol 
Economia de álcool 
Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o(a) pesquisador(a)
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)
Auxílios à pesquisa
Bolsas no país
Bolsas no Exterior
Apoio FAPESP em números * Quantidades atualizadas em 02/03/2024
Colaboradores mais frequentes em auxílios e bolsas FAPESP
Contate o Pesquisador

Serviço temporariamente indisponível

Palavras-chave utilizadas pelo pesquisador
Videos relacionados aos auxílios à pesquisa e bolsas

SP Pesquisa - Etanol - 2º Bloco


Publicado em 1 de ago de 2015 SP Pesquisa - Etanol - 2º Bloco - O último relatório do IPCC afirmou que na história da humanidade nunca houve tanto CO² na atmosfera. Grande parte dessas emissões é resultado da queima de combustíveis fósseis. O etanol - apesar de ter perdido força no Brasil por conta do Pré- Sal - ainda é a alternativa mais limpa e barata para a gasolina. Para cada tonelada de etanol combustível consumido, 2,3 toneladas de CO² deixam de ir para a atmosfera. Mesmo assim, é preciso tornar a plantação e a colheita mais produtivas, a produção do etanol mais rentável, e diminuir o impacto ambiental em todas as fases do processo. O SP Pesquisa acompanha os trabalhos do Programa de Pesquisa em Bioenergia - BIOEN. Criado em 2008 pela Fapesp, o programa financiou mais de 400 projetos e bolsas que abrangem todas as etapas e aspectos da produção do etanol

Por favor, reporte erros na informação da página do pesquisador utilizando este formulário.
X

Reporte um problema na página


Detalhes do problema: