Busca avançada
Ano de início
Entree

Mary Luci de Souza Queiroz

CV Lattes GoogleMyCitations


Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Centro de Hematologia e Hemoterapia (HEMOCENTRO)  (Instituição-sede da última proposta de pesquisa)
País de origem: Brasil

Graduação em Ciências Biológicas ? UNESP-Botucatu (1971). Mestrado e doutorado em Imunofarmacologia - University of Manchester- Inglaterra (1979 - 1983). Pós-doutorado ? WEHI, Melbourne, Austrália (1987). Professora titular na UNICAMP desde 2000. Três linhas de pesquisa estão implementadas em nosso laboratório. Numa delas, o estudo da hematopoese constitui-se no cerne das pesquisas. A amplitude dos trabalhos realizados nesta área deve-se à introdução de sistemas de cultura que permitem o crescimento e diferenciação de células hematopoéticas in vitro. A técnica de cultura clonal (CFU-C) é utilizada com diferentes propósitos nos vários segmentos de pesquisa, que compreendem as áreas clínica e experimental. Outras abordagens incluem a avaliação da interação entre as células tronco hematopoéticas, utilizando-se a cultura líquida de longa duração de células da medula óssea (LTBMC). Paralelamente ao estudo da hematopoese, a atividade de células imunocompetentes é estudada sob vários aspectos, utilizando diferentes metodologias como, por exemplo, avaliação da citotoxicidade de células NK, ativação de células fagocíticas, produção de citocinas, entre outras. Diferentes modelos experimentais in vivo, nos quais a hematopoese tem papel fundamental na evolução da doença, são empregados para investigar os efeitos de plantas medicinais de domínio popular e outros compostos de origem natural ou sintética sobre os mecanismos reguladores dos sistemas imunológico e hematopoético, visando aumentar ou restabelecer as defesas do próprio hospedeiro capazes de inibir processos malignos e infecciosos. Reconhecimento internacional dos nossos esforços nesta área veio através dos convites para ministrar conferência no ?World and Ehrlich Conference on Magic Bullets?, realizado em Nurnberg em julho 2004 intitulada "Ehrlich tumour as a tool in the development of compounds with immunomodulatory properties. Uma outra linha de pesquisa tem seu foco no reconhecimento da relação entre o sistema imunológico e a toxicidade química ou ambiental, o qual é fundamental para validar métodos de diagnóstico e prognóstico seguros em casos de exposição a agentes tóxicos. Os resultados obtidos nesta área de pesquisa proporcionaram recentemente um importante reconhecimento internacional, que veio através do convite que recebi em março de 2000 para integrar, como representante da América Latina, o corpo de 12 assessores, especialistas nas áreas de epidemiologia e imunotoxicologia, selecionados pelo Comitê Científico Assessor da Organização Mundial de Saúde. As tarefas deste grupo de cientistas consistiram em decidir sobre as metodologias mais adequadas para avaliar autoimunidade e doenças autoimune no homem em associação com exposições químicas e ambientais e estabelecer estudos interdisciplinares em colaboração para investigar a associação da exposição a estes agentes com autoimunidade e doenças autoimune na população. Esta iniciativa foi promovida pelo ?International Programme on Chemical Safety (IPCS)?, estabelecido em 1980 em conjunto com as Organizações ILO, UNEP e WHO para implementação de atividades relacionadas à segurança na área química. Uma outra responsabilidade atribuída a este grupo de especialistas foi a preparação partilhada dos capítulos, assim como a revisão final da monografia ?Environmental Health Criteria 236- Principles and Methods for Assessing Autoimmunity Associated with Exposure to Chemicals?, a qual foi publicada em meados de 2007. Uma outra conseqüência positiva da minha participação neste trabalho é o projeto de colaboração internacional sobre a incidência de autoimunidade em associação à exposição ocupacional à sílica, que está sendo desenvolvido sob minha coordenação. Mais recentemente, implementamos uma terceira linha de pesquisa relacionada ao estudo da imunomodulação cutânea produzida por extratos padronizados de produtos naturais com atividade cosmética. (Fonte: Currículo Lattes)

Auxílios à pesquisa
Bolsas no país
Bolsas no Exterior
Apoio FAPESP em números * Quantidades atualizadas em 28/03/2020
Colaboradores mais frequentes em auxílios e bolsas FAPESP
Contate o Pesquisador

Este canal da BV/FAPESP deve ser utilizado tão somente para mensagens, referentes aos projetos científicos financiados pela FAPESP.


 

 

 

 

Palavras-chave utilizadas pelo pesquisador
Publicações resultantes de Auxílios e Bolsas sob responsabilidade do(a) pesquisador(a) (5)

(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)

Publicações5
Citações62
Cit./Artigo12,4
Dados do Web of Science

ROCHA, MICHELLE C.; SANTOS, LEONILDA M. B.; BAGATIN, ERICSON; TERVAERT, JAN W. COHEN; DAMOISEAUX, JAN G. M. C.; LIDO, ALESSANDRO V.; LONGHINI, ANA L.; TORELLO, CRISTIANE O.; QUEIROZ, MARY L. S.. Genetic polymorphisms and surface expression of CTLA-4 and PD-1 on T cells of silica-exposed workers. INTERNATIONAL JOURNAL OF HYGIENE AND ENVIRONMENTAL HEALTH, v. 215, n. 6, p. 562-569, . Citações Web of Science: 8. (01/13823-8, 07/53901-4)

QUEIROZ, JULIA DE SOUZA; TORELLO, CRISTIANE OKUDA; PALERMO-NETO, JOAO; VALADARES, MARIZE C.; QUEIROZ, MARY L. S.. Hematopoietic response of rats exposed to the impact of an acute psychophysiological stressor on responsiveness to an in vivo challenge with Listeria monocytogenes: Modulation by Chlorella vulgaris prophylactic treatment. BRAIN BEHAVIOR AND IMMUNITY, v. 22, n. 7, p. 1056-1065, . Citações Web of Science: 13. (01/13823-8)

ROCHA-PARISE, MICHELLE; SANTOS, LEONILDA M. B.; DAMOISEAUX, JAN G. M. C.; BAGATIN, ERICSON; LIDO, ALESSANDRO V.; TORELLO, CRISTIANE OKUDA; COHEN TERVAERT, JAN W.; QUEIROZ, MARY L. S.. Lymphocyte activation in silica-exposed workers. INTERNATIONAL JOURNAL OF HYGIENE AND ENVIRONMENTAL HEALTH, v. 217, n. 4-5, p. 586-591, . Citações Web of Science: 10. (01/13823-8, 07/53901-4)

VECINA, JULIANA FALCATO; OLIVEIRA, ALEXANDRE GABARRA; ARAUJO, TIAGO GOMES; BAGGIO, SUELI REGINA; TORELLO, CRISTIANE OKUDA; ABDALLA SAAD, MARIO JOSE; DE SOUZA QUEIROZ, MARY LUCI. Chlorella modulates insulin signaling pathway and prevents high-fat diet-induced insulin resistance in mice. Life Sciences, v. 95, n. 1, p. 45-52, . Citações Web of Science: 14. (11/50903-1, 10/50100-3)

RAMOS, ALINE LISIE; TORELLO, CRISTIANE OKUDA; QUEIROZ, MARY L. S.. Chlorella vulgaris Modulates Immunomyelopoietic Activity and Enhances the Resistance of Tumor-Bearing Mice. NUTRITION AND CANCER-AN INTERNATIONAL JOURNAL, v. 62, n. 8, p. 1170-1180, . Citações Web of Science: 17. (04/03639-3)

Publicações acadêmicas

(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)

FIGUEIRÊDO, Camila Alexandrina Viana de. Avaliação dos efeitos do extrato do cha verde (Camellia sinensis (L.) Kuntze) sobre a resposta imunohematopoetica de camundongos infectados com Listeria monocytogenes. Tese (Doutorado) -  Faculdade de Ciências Médicas.  Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP).  (03/00246-8

DANTAS, Denise Conceicao Mesquita. Parametros da resposta imunologica em trabalhadores expostos ao mercurio. Dissertação (Mestrado) -  Faculdade de Ciências Médicas.  Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP).  (92/04114-2

MIRANDOLA, Luciana. Efeitos dos extratos da Acanthospermum australe sobre a resposta imunologica. Dissertação (Mestrado) -  Faculdade de Ciências Médicas.  Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP).  (98/04765-0

VALADARES, Marize Campos. Avaliação dos precursores hematopoieticos da medula ossea de animais portadores de tumor ascitico de Ehrlich e tratados com diciclopentadienildiclorotitanio IV. Dissertação (Mestrado) -  Faculdade de Ciências Médicas.  Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP).  (94/04150-4

PARISE, Michelle Rocha. Autoimunidade em trabalhadores expostos à sílica. Tese (Doutorado) -  Faculdade de Ciências Médicas.  Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP).  (07/53901-4

VECINA, Juliana Falcato. Atividade moduladora da alga Chlorella vulgaris sobre os parâmetros imunohematopoéticos, metabólicos e de sinalização de insulina em animais obesos. Tese (Doutorado) -  Faculdade de Ciências Médicas.  Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP).  (10/50100-3

QUADROS, Marlene Rocha de. Efeitos do extrato hidroalcoolico da Petiveria alliacea L. sobre a resposta imunologica. Tese (Doutorado) -  Instituto de Biologia.  Universidade Estadual de Campinas.  (94/02101-6

QUEIROZ, Mary Luci de Souza. Atividade moduladora da alga Chlorella em pacientes com intolerância à glicose e diabetes tipo 2. Tese (Doutorado) -  Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciências Médicas.  (14/10634-0

VALADARES, Marize Campos. Avaliação de alguns aspectos da resposta imune tipo celular em animais portadores do tumor ascitico de Ehrlich e tratados com titanocenos. Tese (Doutorado) -  Faculdade de Ciências Médicas.  Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP).  (97/11455-4

RAMOS, Aline Lisie. Atividade imunomoduladora da alga Chlorella vulgaris em camundongos portadores de tumos ascitico de Ehrlich. Tese (Doutorado) -  Faculdade de Ciências Médicas.  Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP).  (04/03639-3

RODRIGUES, Ana Paula Ottati. Avaliação dos efeitos do extrato de Chlorella vulgaris sobre a resposta imunologica do tipo celular em camundongos expostos ao chumbo e infectados com Listeria monocytogenes. Tese (Doutorado) -  Faculdade de Ciências Médicas.  Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP).  (01/05547-0

Por favor, reporte erros na informação da página do pesquisador escrevendo para: cdi@fapesp.br.
X

Reporte um problema na página


Detalhes do problema: