Busca avançada
Ano de início
Entree

Marcia Scazufca

CV Lattes ORCID


Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Medicina (FM)  (Instituição-sede da última proposta de pesquisa)
País de origem: Brasil

Completou o Pós-Doutorado na Academic Unity of Psychiatry, University of Bristol (2008), doutorado em Psicologia - University of London (1996), mestrado em Epidemiologia - London School of Hygiene And Tropical Medicine (2006), mestrado em Psicologia Social pela Universidade de São Paulo (1990) e graduação em Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1984). Atualmente ocupa o cargo de Pesquisador Científico VI no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, Laboratório de Psicopatologia e Terapêutica Psiquiátrica (LIM-23/IPq-FMUSP). É docente e orienta alunos do curso de pós-graduação da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, Departamento de Psiquiatria. Cientista Visitante no Programa Lown Scholar do Departamento de Saúde Global e e População da Escola de Saúde Pública T. H. Chan, Universidade de Harvard, desde 2017 e Pesquisadora Visitante junto ao Global Mental Helath Research Group, Insittute of Psychiatry, Psychology and Neurisciences, King's College London desde 2018. Tem experiência em epidemiologia psiquiátrica, atuando principalmente nos seguintes temas: epidemiologia dos transtornos mentais em adultos e idosos (demência, depressão, psicoses, puérperas), saúde do idoso e saúde mental na atenção primária. Participou como pesquisadora e coordenadora de estudos multicêntricos nacionais e internacionais. Relatora ad-hoc de Instituições de Fomento à Pesquisa e Revistas Científicas nacionais e internacionais. Trabalha desde 1999 com estudos epidemiológicos de base populacional (corte transversal, coorte e ensaio clínico pragmático). (Fonte: Currículo Lattes)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o(a) pesquisador(a)
Bolsas FAPESP de doutorado direto em epidemiologia e saúde mental 
Bolsas FAPESP de doutorado direto em epidemiologia e saúde mental 
Treinamento técnico em tecnologia da informação com bolsa da FAPESP 
Treinamento técnico em tecnologia da informação com bolsa da FAPESP 
Precisamos pensar em quem vai cuidar dos idosos, alertam especialistas 
Precisamos pensar em quem vai cuidar dos idosos, alertam especialistas 
Ciclo ILP-FAPESP discute envelhecimento e qualidade de vida 
Ciclo ILP-FAPESP discute envelhecimento e qualidade de vida 
Ciclo de Palestras ILP-FAPESP: Envelhecimento e Qualidade de vida 
Ciclo de Palestras ILP-FAPESP: Envelhecimento e Qualidade de vida 
Pós-Doutorado em saúde mental na USP com bolsa da FAPESP 
Pós-Doutorado em saúde mental na USP com bolsa da FAPESP 
Una aplicación que ayuda en el tratamiento de ancianos con depresión 
Computer app helps treat depression in older adults 
Aplicativo auxilia no tratamento de depressão em idosos 
Aplicativo auxilia no tratamento de depressão em idosos 
Treinamento técnico em Ciência da Computação com bolsa da FAPESP  
Pós-doutorado em ciências da saúde com bolsa da FAPESP  
Pós-doutorado em ciências da saúde com bolsa da FAPESP  
Programa de cuidado com saúde mental auxilia idosos com depressão  
Pós-doutorados em Epidemiologia e em Psicologia com Bolsa da FAPESP 
Auxílios à pesquisa
Bolsas no país
Apoio FAPESP em números * Quantidades atualizadas em 26/09/2020
Colaboradores mais frequentes em auxílios e bolsas FAPESP
Contate o Pesquisador

Este canal da BV/FAPESP deve ser utilizado tão somente para mensagens, referentes aos projetos científicos financiados pela FAPESP.


 

 

 

 

Palavras-chave utilizadas pelo pesquisador
Videos relacionados aos auxílios à pesquisa e bolsas

Estudo piloto trata depressão em idosos por meio de cuidado colaborativo em unidades do SUS


Publicado em 04 de janeiro de 2017 - Agência FAPESP. Os transtornos mentais estão entre os problemas de saúde mais significativos na população adulta. Entre os idosos, estima-se que aproximadamente 10% tenham algum sintoma de depressão que necessita de atenção. A iniciativa, pioneira na América Latina, está inserida no contexto do envelhecimento populacional. No Brasil, o Censo de 2010 revelou que 11% da população tem 60 anos ou mais. Hoje, os idosos já são mais de 13% (26 milhões) dos brasileiros. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), a quantidade triplicará até 2050. A OMS recomenda que os transtornos mentais comuns, como a depressão, sejam identificados e tratados na atenção primária, que é a porta de entrada dos sistemas de saúde. A primeira etapa do estudo teve financiamento da FAPESP, no Estado de São Paulo, e do Medical Research Council / RCUK, no Reino Unido. O projeto foi coordenado por Marcia Scazufca, professora do Departamento de Psiquiatria da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP).

Envelhecimento e qualidade de vida


Publicado em 03 de outubro de 2019 - Agência FAPESP. Aumento da longevidade e redução da taxa de natalidade no país criam cenário para a formulação de novas políticas e estruturas públicas para o apoio ao idoso. Tema foi discutido no Ciclo ILP-FAPESP de Ciência e Inovação.

Publicações resultantes de Auxílios e Bolsas sob responsabilidade do(a) pesquisador(a) (9)

(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)

Publicações5
Citações15
Cit./Artigo3,0
Dados do Web of Science

SCAZUFCA, MARCIA; DE PAULA COUTO, MARIA CLARA P.; HUANG, HSIANG; KESTER, RACHEL; BRAGA, PATRICIA EMILIA; PELUSO, ERICA T. P.; BLAY, SERGIO L.; MENEZES, PAULO R.; RIBEIRO, EULER E.. Public Stigma towards Older Adults with Depression: Findings from the Sao Paulo-Manaus Elderly in Primary Care Study. PLoS One, v. 11, n. 6, . Citações Web of Science: 4. (15/00648-6)

VAN DE VEN, PEPIJN; ARAYA, RICARDO; COUTO, MARIA CLARA P. DE PAULA; HENRIQUE, MAIARA GARCIA; MEERE, DAMIEN; MENDES, ANA VILELA; PETERS, TIM J.; SEABRA, ANTONIO; FRANZIN, RENATO M.; PEREDA, PAULA CARVALHO; et al. Investigating Software Requirements for Systems Supporting Task-Shifted Interventions: Usability Study. JOURNAL OF MEDICAL INTERNET RESEARCH, v. 21, n. 11, . Citações Web of Science: 0. (13/50953-4)

VON GUNTEN, ARMIN; GRP, 10 66 DEMENTIA RES. Subjective Memory Deficits in People with and without Dementia: Findings from the 10/66 Dementia Research Group Pilot Studies in Low- and Middle-Income Countries. JOURNAL OF THE AMERICAN GERIATRICS SOCIETY, v. 57, n. 11, p. 2118-2124, . Citações Web of Science: 7. (98/12727-0)

MARCIA SCAZUFCA. Abordagem familiar em esquizofrenia. Revista Brasileira de Psiquiatria, v. 22, p. 50-52, . (98/16527-6)

MARCIA SCAZUFCA; CINTIA MCB MATSUDA. Revisão sobre a eficácia de psicoterapia vs. farmacoterapia no tratamento de depressão em idosos. Revista Brasileira de Psiquiatria, v. 24, p. 64-69, . (98/16527-6)

M SCAZUFCA; ATAR CERQUEIRA; PR MENEZES; M PRINCE; HP VALLADA; MCOS MIYAZAKI; NAM DOMINGOS; EH ANTUNES; GC MACEDO; SA ALMEIDA; et al. Investigações epidemiológicas sobre demência nos países em desenvolvimento. Revista de Saúde Pública, v. 36, n. 6, p. -, . (98/12727-0, 98/16527-6)

MARCIA SCAZUFCA. Brazilian version of the Burden Interview scale for the assessment of burden of care in carers of people with mental illnesses. Revista Brasileira de Psiquiatria, v. 24, n. 1, p. 12-17, . (96/06643-3)

STEWART, ROBERT; GUERCHET, MAELENN; PRINCE, MARTIN. Development of a brief assessment and algorithm for ascertaining dementia in low-income and middle-income countries: the 10/66 short dementia diagnostic schedule. BMJ OPEN, v. 6, n. 5, . Citações Web of Science: 3. (98/12727-0)

SCAZUFCA, MARCIA; DE PAULA COUTO, MARIA CLARA P.; HENRIQUE, MAIARA GARCIA; MENDES, ANA VILELA; MATIJASEVICH, ALICIA; PEREDA, PAULA CARVALHO; FRANZIN, RENATO M.; SEABRA, ANTONIO CARLOS; VAN DE VEN, PEPIJN; HOLLINGWORTH, WILLIAM; et al. Pilot study of a two-arm non-randomized controlled cluster trial of a psychosocial intervention to improve late life depression in socioeconomically deprived areas of Sao Paulo, Brazil (PROACTIVE): feasibility study of a psychosocial intervention for late life depression in Sao Paulo. BMC PUBLIC HEALTH, v. 19, n. 1, . Citações Web of Science: 1. (13/50953-4)

Por favor, reporte erros na informação da página do pesquisador escrevendo para: cdi@fapesp.br.
X

Reporte um problema na página


Detalhes do problema: