Busca avançada
Ano de início
Entree

Francisco Foot Hardman

CV Lattes ORCID


Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Instituto de Estudos da Linguagem (IEL)  (Instituição-sede da última proposta de pesquisa)
País de origem: Brasil

Francisco FOOT HARDMAN concluiu o doutorado em Filosofia pela Universidade de São Paulo em 1986. Atualmente é Professor Titular da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), sendo docente do Programa de Pós-Graduação em Teoria e História Literária do Instituto de Estudos da Linguagem (IEL), desde 1987. Recebeu, em 2011, o Prêmio de Reconhecimento Acadêmico Zeferino Vaz e, em 2012, o Prêmio de Reconhecimento Docente pela Dedicação ao Ensino de Graduação, ambos da UNICAMP. Foi membro titular do Comitê Assessor de Letras e Linguística do CNPq (10/2009-09/2012). Entre 07/2009 e 04/2013, foi Assessor da Coordenação Geral da Universidade (CGU) e do Gabinete do Reitor da UNICAMP. Atuou, manteve ou mantém intercâmbio acadêmico-cultural com as seguintes instituições no Brasil: Universidade Federal da Paraíba, Universidade Federal do Amazonas, USP (Instituto de Estudos Avançados e Núcleo de Estudos da Violência), Biblioteca Pública Municipal Mário de Andrade, Casa de Cultura Euclides da Cunha, Fundação Editora Unesp, Fundação Casa de Rui Barbosa, Fundação Oswaldo Cruz, Universidade Federal da Bahia e Universidade do Estado do Amazonas. No exterior, foi professor visitante, hóspede acadêmico, pesquisador visitante ou pesquisador pós-doutoral nas seguintes instituições: Universidade de Pequim, Universidade da Califórnia-Berkeley, Universidade Livre de Berlim, Maison des Sciences de l'Homme, Collège International de Philosophie, Universidade de Roma La Sapienza, Universidade de Bolonha (Istituto di Studi Avanzati; e Departamento de Línguas, Literaturas e Culturas Modernas), Universidade do Texas-Austin e Universidade da Califórnia-Davis. Pesquisador vinculado ao CNPQ desde 1981, é bolsista de produtividade em pesquisa nível I-A, desde 2003. Em 2017, foi convidado oficial, como professor e ensaísta brasileiro, do BRICS Forum Literature, Zhuhai, China, organizado pela Universidade Normal de Beijing. Inaugurou a Cátedra CAPES-UNIBO (Univ. Bolonha), entre 03 e 08/2016. Em 2011, foi mediador brasileiro no "Diálogo sobre Cultura Brasil-União Europeia" (Ministério da Cultura-Comissão Europeia, Europalia-Brasil, Bruxelas). Entre 2006-10, foi um dos pesquisadores principais do projeto temático "Escritas da Violência" (Fapesp) e esteve associado ao Grupo de Pesquisa "Escritas da Violência" (CNPq). Entre 1995-96, foi assessor e pesquisador sênior em Educação e Cultura dos Direitos Humanos para o I Plano Nacional dos Direitos Humanos (NEV-USP; Ministério da Justiça). Orientou/orienta ou supervisionou/supervisiona trabalhos de pós-doutorado, doutorado, mestrado, iniciação científica e monografia de graduação nas áreas de Letras, Ciências Sociais e História. Participou de bancas examinadoras e comissões julgadoras nas áreas de Letras, História, Filosofia, Sociologia, Política, Arquitetura e Urbanismo, Psicologia Social, Geografia Humana, Serviço Social e Educação. Atua na área de Letras, com ênfase em Literatura Brasileira, Literatura e Outras Produções Culturais e Literatura Comparada. Desde 1973, participou como coordenador ou pesquisador de cerca de 40 projetos de pesquisa, ensino e extensão, individuais ou coletivos, nacionais ou internacionais. É membro do conselho editorial das revistas "Journal of Latin American Cultural Studies" (Londres), "Rivista di Studi Portughesi e Brasiliani" (Pisa-Roma) e "Crítica Marxista" (Campinas), entre outras. É membro, desde 2013, da Associazione Michelangelo Antonioni, em Ferrara, Itália. Foi editorialista do jornal "Folha de S. Paulo" (1983-85) e colaborou como ensaísta no caderno "Aliás" de "O Estado de S. Paulo" (2004-13). Em seu currículo Lattes os termos mais freqüentes na contextualização da produção científica, tecnológica e artístico-cultural são: Pré-Modernismo, Modernidade, Modernismo, Amazônia, Euclides da Cunha, Cultura Brasileira, América Latina, Madeira-Mamoré, Romantismo, Socialismo, Anarquismo. (Fonte: Currículo Lattes)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o(a) pesquisador(a)
Pesquisadores da Unicamp lançam plataforma digital com falas de crianças 
Auxílios à pesquisa
Bolsas no país
Apoio FAPESP em números * Quantidades atualizadas em 17/04/2021
Colaboradores mais frequentes em auxílios e bolsas FAPESP
Contate o Pesquisador

Este canal da BV/FAPESP deve ser utilizado tão somente para mensagens, referentes aos projetos científicos financiados pela FAPESP.


 

 

 

 

Palavras-chave utilizadas pelo pesquisador
Publicações acadêmicas

(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)

MARTINS, Ricardo André Ferreira. Atenienses e fluminenses : a invenção do canone nacional. Tese (Doutorado) -  Instituto de Estudos da Linguagem.  Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP).  (05/52374-5

CERQUEIRA, Rodrigo Soares de. Critica, memoria e narração : um estudo dos textos memorialisticos de Antonio Candido. Dissertação (Mestrado) -  Instituto de Estudos da Linguagem.  Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP).  (05/59352-7

HIGA, Larissa Satico Ribeiro. Estética e política : leituras de Parque Industrial e A Famosa Revista. Dissertação (Mestrado) -  Instituto de Estudos da Linguagem.  Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP).  (09/03113-5

ANDRETTA, Cyntia Belgini. A relação entre jornalismo e literatura em tres romances-reportagens. Dissertação (Mestrado) -  Instituto de Estudos da Linguagem.  Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP).  (05/58733-7

MORAN, Yvonne Ortiz. Uma análise dos espaços no romance Pedro Páramo, de Juan Rulfo. Dissertação (Mestrado) -  Instituto de Estudos da Linguagem.  Universidade Estadual de Campinas.  (11/03305-1

MELO, Carlos Augusto de. Conego Fernandes Pinheiro (1825-1876) : um critico literario pioneiro do romantismo no Brasil. Dissertação (Mestrado) -  Instituto de Estudos da Linguagem.  Universidade Estadual de Campinas.  (03/09897-1

CERQUEIRA, Rodrigo Soares de. Educação pela máscara : literatura e ideologia burguesa no Brasil (1844-1856). Tese (Doutorado) -  Instituto de Estudos da Linguagem.  Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP).  (08/52430-0

MELO, Carlos Augusto de. A formação das historias literarias no Brasil : as contribuições de Conego Fernandes Pinheiro (1825-1876), Ferdinand Wolf (1796-1866) e Sotero dos Reis (1800-1871). Tese (Doutorado) -  Instituto de Estudos da Linguagem.  Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP).  (05/60033-3

SANTOS, Fernando Simplicio dos. História, política e alegoria na prosa ficcional de Dyonelio Machado. Tese (Doutorado) -  Instituto de Estudos da Linguagem.  Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP).  (08/58001-4

PALMEIRA, Maria Rita Sigaud Soares. Poeta, isto e, revolucionario : itinerarios de Benjamin Peret no Brasil (1929-1931). Dissertação (Mestrado) -  Instituto de Estudos da Linguagem.  Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP).  (97/14328-3

Por favor, reporte erros na informação da página do pesquisador escrevendo para: cdi@fapesp.br.
X

Reporte um problema na página


Detalhes do problema: