Busca avançada
Ano de início
Entree

Dora Selma Fix Ventura

CV Lattes ResearcherID ORCID Google Scholar Citations


Universidade de São Paulo (USP). Instituto de Psicologia (IP)  (Instituição-sede da última proposta de pesquisa)
País de origem: Brasil

Docente do Departamento de Psicologia Experimental do Instituto de Psicologia de 1968 a 2009, permanece como Professora Titular aposentada, atuando como Colaborador Senior. Graduou-se em Psicologia na Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da Universidade de São Paulo (1961), e fez mestrado e doutorado em Psicologia Experimental na Columbia University, New York, (M.A., 1964; Ph.D., 1968). Obteve o título de Livre-docente em 1988 e tornou-se Professora Titular em 1990. No Instituto de Psicologia da USP foi Vice-Diretora, e por duas vezes Chefe do Departamento de Psicologia Experimental. Foi Vice-Presidente da Sociedade Brasileira Para o Progresso da Ciencia (2003-2007; 2011-2015) e Vice Presidente da Sociedade Brasileira de Psicologia (2013-2015). Foi Presidente da Federação de Sociedades de Biologia Experimental (1996-2001), da Brazilian Research Association in Vision and Ophthalmology (2010-2012) e da Sociedade Brasileira de Neurociências e Comportamento (1991-1994) e tem prestado colaboração como membro de vários colegiados da Universidade de São Paulo e de diferentes órgãos, dentre os quais: Comissão Técnica Nacional de Biossegurança (2006-2008), Conselho Deliberativo do CNPq (2004-2006), Comitê Assessor de Psicologia do CNPq (1993-1996; 2007-2010), e do Latin American Research Committee (LARC) da IBRO (International Brain Research Association) (2010-2013); re-eleita como membro, passou a Presidente do LARC (2013-2016). É Grã Cruz da Ordem Nacional do Mérito Científico, membro titular da Academy of Sciences for the Developing World (TWAS), da Academia Brasileira de Ciências (ABC), da Academia de Ciências do Estado de São Paulo (ACIESP), recebeu a Medalha CAPES 50 anos e a Medalha Neurociências Brasil. Fundou em 1968 o Laboratório de Psicofisiologia Sensorial, no Instituto de Psicologia da USP, para estudar mecanismos neurais da visão através de métodos comportamentais e eletrofisiológicos. Na década de 1990 fundou o Laboratório da Visão, dedicado a pesquisa aplicada em Psicofísica e Eletrofisiologia Visual Clínica para o estudo de doenças neurodegenerativas do sistema visual, de origem genética, metabólica ou por exposição a agentes neurotóxicos - como Distrofia Muscular de Duchenne, neuropatia óptica de Leber, esclerose múltipla, diabetes, intoxicação mercurial - no qual desenvolve ativa colaboração nacional e internacional. Tem publicado internacionalmente nas duas áreas, e como orientadora de pós-graduação, formou até o momento 41 mestres e 31 doutores. Trabalhos de seu grupo receberam 10 prêmios em congressos nacionais e internacionais nos últimos 5 anos (2014-2019). (Fonte: Currículo Lattes)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o(a) pesquisador(a)
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)
Auxílios à pesquisa
Bolsas no país
Bolsas no Exterior
Apoio FAPESP em números * Quantidades atualizadas em 21/05/2022
Colaboradores mais frequentes em auxílios e bolsas FAPESP
Contate o Pesquisador

Este canal da BV/FAPESP deve ser utilizado tão somente para mensagens, referentes aos projetos científicos financiados pela FAPESP.


 

 

 

 

Palavras-chave utilizadas pelo pesquisador
Aciclovir Ácido micofenólico Acuidade visual Análise de sequência de DNA Análise do comportamento Ansiedade Apneia obstrutiva do sono Apoptose Audição Avaliação neuropsicológica Bebês Biofísica Biologia Geral Biologia molecular Carpa dourada Células fotorreceptoras Células ganglionares da retina Ciência Ciências Biológicas Ciências Humanas Ciências da Saúde Citologia e Biologia Celular Cognição Comportamento Animal Comportamento animal Comportamento e mecanismos comportamentais Comportamento Congressos Dados de pesquisa Defeitos da visão cromática Degeneração macular Degeneração neural Desenvolvimento perceptivo Diabetes mellitus tipo 2 Diabetes mellitus Diagnóstico clínico Distrofia muscular de Duchenne Distrofina Distúrbios do sono Doença de Alzheimer Doenças do nervo óptico Ecologia visual Eletrofisiologia Eletrorretinografia Equipamentos e provisões Equipamentos multiusuários Esclerose múltipla Estado de consciência Estereologia Etologia Eventos científicos e de divulgação Exposição ocupacional Expressão gênica Extração de DNA Extração de RNA Filogenia Fisiologia de Órgãos e Sistemas Fisiologia Fotometria Fotopigmentos Fotorreceptores GABA Genética Molecular e de Microorganismos Genética molecular Genética Glaucoma Histologia Imuno-histoquímica Informática Infraestrutura de pesquisa Infraestrutura Injeções intravítreas Intercâmbio de pesquisadores Intoxicação por mercúrio Intoxicação Laboratórios multiusuários Laboratórios Manutenção de equipamento Marcadores genéticos Medicina Medidas de inteligência Melanopsinas Memória (psicologia) Mercúrio (elemento químico) Microcefalia Microscopia Modelos animais Modernização Morfologia (anatomia) Morfologia Movimentos oculares Necrose Nervo óptico Neurobiologia Neurociências Neurofisiologia Neurologia Neuropsicologia Neurotoxicidade Neurotransmissores Normas Oftalmologia Opsinas Peixes Percepção de cor Percepção visual Pesquisa científica Pesquisadores Pigmentos da retina Plasticidade Potencial evocado visual Projetos de infraestrutura Psicobiologia Psicofarmacologia Psicofísica Psicofisiologia Psicologia Cognitiva Psicologia Experimental Psicologia Fisiológica Psicologia clínica Psicologia fisiológica Psicologia RNA mensageiro Raios ultravioleta Rastreamento Recursos para a pesquisa Reflexo pupilar Retina Retinopatia diabética Reuniões científicas Ritmo circadiano Rodopsina Sensibilidades de contraste Serpentes Síndrome de Asperger Sistema nervoso central Softwares Solventes orgânicos Tempo de reação Teoria da informação Testes neuropsicológicos Toxicidade Transtorno autístico Transtornos da visão Vertebrados Vírus Zika Visão de cores Visão Zoologia
Por favor, reporte erros na informação da página do pesquisador escrevendo para: cdi@fapesp.br.
X

Reporte um problema na página


Detalhes do problema: