Busca avançada
Ano de início
Entree

José Goldemberg

CV Lattes


Universidade de São Paulo (USP). Instituto de Eletrotécnica e Energia (IEE)  (Instituição-sede da última proposta de pesquisa)
País de origem: Brasil

Doutor em Ciências Físicas pela Universidade de São Paulo da qual foi Reitor de 1986 a 1990. Foi Presidente da Companhia Energética de São Paulo (CESP); Presidente da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência; Secretário de Ciência e Tecnologia; Secretário do Meio Ambiente da Presidência da República; Ministro da Educação do Governo Federal e Secretário do Meio Ambiente do Estado de São Paulo. Foi Diretor do Instituto de Física da Universidade de São Paulo; professor/pesquisador: da Universidade de Paris (França): Princeton (Estados Unidos); High Energy Physics Laboratory da Universidade de Stanford, EUA; Universidade de Toronto, Canadá e ocupante da ?Cátedra Joaquim Nabuco? da Universidade de Stanford (Estados Unidos). É Membro da Academia Brasileira de Ciências e Acadêmia de Ciências do Terceiro Mundo; Co-Presidente do Global Energy Assessment, sediado em Viena. É autor de inúmeros trabalhos técnicos e vários livros sobre Física Nuclear, Meio Ambiente e Energia em geral. Foi selecionado pela "Time Magazine" como um dos treze "Heroes of the Environment in the category of Leaders and Visionaries 2007". Recebeu o prêmio "Blue Planet Prize 2008" concedido pela Asahi Glass Foundation. Atualmente, Goldemberg é presidente da FAPESP (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo). (Fonte: Currículo Lattes)

Auxílios à pesquisa
Bolsas no país
Apoio FAPESP em números*
*Quantidades atualizadas em 15/06/2019
Colaboradores mais frequentes em auxílios e bolsas FAPESP
Contate o Pesquisador

Este canal da BV/FAPESP deve ser utilizado tão somente para mensagens, referentes aos projetos científicos financiados pela FAPESP.


 

 

 

 

Palavras-chave utilizadas pelo pesquisador
Videos relacionados aos auxílios à pesquisa e bolsas

SP Pesquisa - Etanol - 1º Bloco

Publicado em 1 de ago de 2015 SP Pesquisa - Etanol - 1º Bloco - O último relatório do IPCC afirmou que na história da humanidade nunca houve tanto CO² na atmosfera. Grande parte dessas emissões é resultado da queima de combustíveis fósseis. O etanol – apesar de ter perdido força no Brasil por conta do Pré- Sal – ainda é a alternativa mais limpa e barata para a gasolina. Para cada tonelada de etanol combustível consumido, 2,3 toneladas de CO² deixam de ir para a atmosfera. Mesmo assim, é preciso tornar a plantação e a colheita mais produtivas, a produção do etanol mais rentável, e diminuir o impacto ambiental em todas as fases do processo. O SP Pesquisa acompanha os trabalhos do Programa de Pesquisa em Bioenergia – BIOEN. Criado em 2008 pela Fapesp, o programa financiou mais de 400 projetos e bolsas que abrangem todas as etapas e aspectos da produção do etanol.

SP Pesquisa - Etanol - 2º Bloco

Publicado em 1 de ago de 2015 SP Pesquisa - Etanol - 2º Bloco - O último relatório do IPCC afirmou que na história da humanidade nunca houve tanto CO² na atmosfera. Grande parte dessas emissões é resultado da queima de combustíveis fósseis. O etanol - apesar de ter perdido força no Brasil por conta do Pré- Sal - ainda é a alternativa mais limpa e barata para a gasolina. Para cada tonelada de etanol combustível consumido, 2,3 toneladas de CO² deixam de ir para a atmosfera. Mesmo assim, é preciso tornar a plantação e a colheita mais produtivas, a produção do etanol mais rentável, e diminuir o impacto ambiental em todas as fases do processo. O SP Pesquisa acompanha os trabalhos do Programa de Pesquisa em Bioenergia - BIOEN. Criado em 2008 pela Fapesp, o programa financiou mais de 400 projetos e bolsas que abrangem todas as etapas e aspectos da produção do etanol.

Um Olhar sobre o Mundo com José Goldemberg

Publicado em 26 de junho de 2018 - TV Brasil, e reapresentado pela Agência FAPESP - Em entrevista a programa da TV Brasil, presidente da FAPESP fala sobre empresas inovadoras, redução de armas nucleares e alternativas para a matriz energética brasileira.

Publicações resultantes de Auxílios e Bolsas sob responsabilidade do(a) pesquisador(a) (3)

(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)

Publicações1
Citações59
Cit./Artigo59,0
Dados do Web of Science

RAMAJO-ESCALERA‚ B.; ESPINA‚ A.; GARCÍA‚ JR; SOSA-ARNAO‚ JH; NEBRA‚ SA. Model-free kinetics applied to sugarcane bagasse combustion. Thermochimica Acta, v. 448, n. 2, p. 111-116, . Citações Web of Science: 59. (01/14302-1)

SCARAMUCCI‚ J.A.; PERIN‚ C.; PULINO‚ P.; BORDONI‚ O.F.J.G.; DA CUNHA‚ M.P.; CORTEZ‚ L.A.B.. Energy from sugarcane bagasse under electricity rationing in Brazil: a computable general equilibrium model. ENERGY POLICY, v. 34, n. 9, p. 986-992, . (01/14302-1)

OSCAR A. BRAUNBECK; JULIETA T. A. OLIVEIRA. Colheita de cana-de-açúcar com auxílio mecânico. Engenharia Agrícola, v. 26, n. 1, p. 300-308, . (01/14302-1)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.
Por favor, reporte erros na informação da página do pesquisador escrevendo para: cdi@fapesp.br.
X

Reporte um problema na página


Detalhes do problema: