Busca avançada
Ano de início
Entree

Marcio Ferreira da Silva

CV Lattes


Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH)  (Instituição Sede da última proposta de pesquisa)
País de origem: Brasil

Marcio Ferreira da Silva é bacharel em Língua Portuguesa e Literatura Brasileira e Portuguesa pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1977), mestre em Linguística pela Universidade Estadual de Campinas (1981), doutor em Antropologia Social pelo Museu Nacional da Universidade Federal do Rio de Janeiro (1993) e livre docência pela Universidade de São Paulo (2012). Foi docente da Universidade Estadual de Campinas, no Instituto de Estudos da Linguagem (1981-1989) e no Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (1990 - 1997). É docente da Universidade de São Paulo desde 1998. Desde 2016, é professor titular do Departamento de Antropologia da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, membro do Conselho Científico do Centro de Estudos Ameríndios. Foi professor colaborador do Master en Estudios Amerindios da Casa de América/Universidad Complutense de Madrid (2001-2008), do Departamento de Antropologia Social e Cultural da Universidade Autônoma de Barcelona (2006-2014) e da São Paulo School of Advanced Science on Research Methods for the Humanities da FAPESP/UNICAMP (2017). Tem atuação nas áreas de Etnologia Sul Americana, Estudos de Parentesco e Métodos Computacionais. (Fonte: Currículo Lattes)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o(a) pesquisador(a)
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)
Auxílios à pesquisa
Bolsas no país
Apoio FAPESP em números * Quantidades atualizadas em 28/01/2023
Contate o Pesquisador

Este canal da BV/FAPESP deve ser utilizado tão somente para mensagens, referentes aos projetos científicos financiados pela FAPESP.


 

 

 

 

Palavras-chave utilizadas pelo pesquisador
Por favor, reporte erros na informação da página do pesquisador escrevendo para: cdi@fapesp.br.
X

Reporte um problema na página


Detalhes do problema: