Busca avançada
Ano de início
Entree

Tulio Eduardo Rodrigues

CV Lattes


Universidade de São Paulo (USP). Instituto de Física (IF)  (Instituição-sede da última proposta de pesquisa)
País de origem: Brasil

Pós-Doutor em ciências pela Universidade de São Paulo (2008), com ênfase na área de Física Nuclear teórica e Física de Partículas. Atua nas áreas de reações nucleares induzidas por fótons e hádrons, bem como em processos de fotoprodução de mésons em energias intermediárias e altas. Atua nos seguintes temas: reações nucleares, mecanismos de excitação nuclear via troca de fótons virtuais, mecanismo de quase-dêuteron, ressonância gigante de dipolo elétrico, correlações de curto alcance, fotofissão, fotoprodução nuclear de mésons pseudo-escalares e vetoriais, processos de troca de mésons vetoriais, modelo de Regge, efeitos da matéria nuclear nas propriedades de mésons vetoriais e métodos de Monte Carlo via modelo de cascata intranuclear. Mais recentemente, desenvolve estudos multidisciplinares com ênfase na avaliação da fadiga mental através de modelos biomatemáticos. É atualmente o porta-voz científico do Projeto Fadigômetro (www.fadigometro.com.br). (Fonte: Currículo Lattes)

Auxílios à pesquisa
Bolsas no país
Apoio FAPESP em números * Quantidades atualizadas em 17/04/2021
Colaboradores mais frequentes em auxílios e bolsas FAPESP
Contate o Pesquisador

Este canal da BV/FAPESP deve ser utilizado tão somente para mensagens, referentes aos projetos científicos financiados pela FAPESP.


 

 

 

 

Palavras-chave utilizadas pelo pesquisador
Publicações acadêmicas

(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)

RODRIGUES, Tulio Eduardo. O modelo de cascata intranuclear MCMC e aplicações para o mecanismo do quase-dêuteron e a fotoprodução de pions em energias intermediárias e altas. Tese (Doutorado) -  Instituto de Física.  Universidade de São Paulo (USP).  São Paulo.  (02/03377-3

Por favor, reporte erros na informação da página do pesquisador escrevendo para: cdi@fapesp.br.
X

Reporte um problema na página


Detalhes do problema: