Busca avançada
Ano de início
Entree

Henrique José Domiciano Amorim

CV Lattes GoogleMyCitations ResearcherID ORCID


Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus Guarulhos. Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (EFLCH)  (Instituição-sede da última proposta de pesquisa)
País de origem: Brasil

Professor Associado de Sociologia e do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (UNIFESP-Campus Guarulhos). Coordena o Grupo de Pesquisa Trabalho e Classes Sociais (GPCT) desde 2011. Desenvolve o Projeto de Pesquisa: "Desenvolvedores de Software e Teleoperadores: Dois opostos do trabalho imaterial?", no âmbito do Auxílio Regular da FAPESP; o Projeto de Pesquisa: "Trabalho Imaterial e Precarização no Contexto das Tecnologias da Informação e da Comunicação", no âmbito da Bolsa de Produtividade em Pesquisa (PQ-CNPq) e o Projeto de Pesquisa: ?Desenvolvedores de Software e Teleoperadores: Produção e Trabalho imaterial em perspectiva?, no âmbito do Auxílio Universal do CNPq. Realizou Pós-Doutorado no CESIT/UNICAMP (2016/2017), na EHESS/Paris (2017), no Departamento de Sociologia do IFCH/UNICAMP (2007-2010) e na École des Hautes Études en Sciences Sociales (EHESS)/Paris (2009). Coordenou pesquisa, financiada pela FAPESP e pelo CNPq, intitulada: Classes Sociais e Valor na Teoria Social Contemporânea (2012-2016). Foi pesquisador do Consejo Latino-Americano de Ciencias Sociales/CLACSO (2008/2009). Concluiu o Doutorado em Ciências Sociais pela Unicamp em 2006, tendo realizado sua pesquisa com Doutorado Sanduíche na EHESS/Paris. Atua na área de Sociologia, com ênfase em sociologia do trabalho e teoria social, pesquisando principalmente os seguintes temas: trabalho, trabalho imaterial, trabalho digital e precarização do trabalho, classes e movimentos sociais, produção e processos de trabalho. Publicou os livros: Trabalho Imaterial: Marx e o debate contemporâneo, publicado pela Annablume/FAPESP em 2009; Valor-trabalho e imaterialidade da produção nas sociedades contemporâneas, publicado pelo CLACSO em 2012; Teoria Social e Reducionismo Analítico: para uma crítica ao debate sobre a centralidade do trabalho, publicado pela EDUCS em 2006; Sociologia Hoje, publicado pela Ática em 2016; e recentemente organizou os livros: Trabalho (Imaterial), Valor e Classes Sociais: Diálogos com pesquisadores contemporâneos: EDUFSCAR, 2017; As Classes Sociais no Início do Século XXI: Annablume/FAPESP, 2017; e Classes e Lutas de Classes: novos questionamentos. São Paulo: Annablume/FAPESP, 2015. (Fonte: Currículo Lattes)

Auxílios à pesquisa
Bolsas no país
Bolsas no Exterior
Apoio FAPESP em números * Quantidades atualizadas em 22/02/2020
Colaboradores mais frequentes em auxílios e bolsas FAPESP
Contate o Pesquisador

Este canal da BV/FAPESP deve ser utilizado tão somente para mensagens, referentes aos projetos científicos financiados pela FAPESP.


 

 

 

 

Palavras-chave utilizadas pelo pesquisador
Publicações acadêmicas

(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)

AMORIM, Henrique José Domiciano. Teoria social e reducionismo analitico : para uma critica ao debate sobre a centralidade do trabalho. 2001. Dissertação (Mestrado) - Instituto de Filosofia e Ciências Humanas. Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP).

Por favor, reporte erros na informação da página do pesquisador escrevendo para: cdi@fapesp.br.
X

Reporte um problema na página


Detalhes do problema: