Busca avançada
Ano de início
Entree

Arlindo Saran Netto

CV Lattes ResearcherID ORCID


Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos (FZEA)  (Instituição Sede da última proposta de pesquisa)
País de origem: Brasil

Possui graduação em Zootecnia pela Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos FZEA/USP (2000). Recebeu Láurea Acadêmica, concedida pela Reitoria da Universidade de São Paulo, por excelência acadêmica. Possui Mestrado em Ciência dos Alimentos pela Faculdade de Ciências Farmacêuticas FCF/USP (2003), Doutorado em Qualidade e Produtividade Animal pela Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos FZEA/USP (2006). Pós Doutorado na área de valor nutricional do leite e saúde de crianças (2010). Especialização em Capacitação Docente no Ensino Superior (2009/2010). Professor Associado na FZEA/USP com Livre Docência realizada em (2013). Professor Titular em 2022 na FZEA/USP na área de Produção de Ruminantes. É assessor da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo e de várias revistas, com ênfase em Produção de Ruminantes e Qualidade de produtos de origem animal para saúde humana. Possui experiência na área de Bioquímica, Fisiologia, Nutrição, Qualidade e Produtividade Animal. (Fonte: Currículo Lattes)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o(a) pesquisador(a)
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)
Auxílios à pesquisa
Bolsas no país
Bolsas no Exterior
Apoio FAPESP em números * Quantidades atualizadas em 21/01/2023
Colaboradores mais frequentes em auxílios e bolsas FAPESP
Contate o Pesquisador

Este canal da BV/FAPESP deve ser utilizado tão somente para mensagens, referentes aos projetos científicos financiados pela FAPESP.


 

 

 

 

Palavras-chave utilizadas pelo pesquisador
Videos relacionados aos auxílios à pesquisa e bolsas

Pesquisadores desenvolvem leite naturalmente mais saudável


Publicado em 20 de maio de 2016 - Agência FAPESP - A adição de óleo de canola na ração de vacas leiteiras pode tornar o leite produzido pelos animais mais saudável e apresentar outros benefícios que não apenas os nutricionais, como diminuir o risco de desenvolvimento de doenças cardiovasculares, autoimunes e inflamatórias. As constatações são de um estudo feito por pesquisadores da Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos da Universidade de São Paulo (FZEA-USP), campus de Pirassununga.

Por favor, reporte erros na informação da página do pesquisador escrevendo para: cdi@fapesp.br.
X

Reporte um problema na página


Detalhes do problema: