Busca avançada
Ano de início
Entree

Ciro Juvenal Rodrigues Marcondes Filho

CV Lattes ORCID


Universidade de São Paulo (USP). Escola de Comunicações e Artes (ECA)  (Instituição-sede da última proposta de pesquisa)
País de origem: Brasil

Pesquisador de conceito 1A do CNPq, Ciro Marcondes Filho é o criador da Nova Teoria da Comunicação, que dá bases para a constituição do Campo da Comunicação nas ciências humanas a partir do amadurecimento e da operacionalização do conceito de comunicação, assim como de um modo específico de sua investigação, o metáporo. Bacharel em Ciências Sociais e Jornalismo (USP/SP), doutor pela Universidade de Frankfurt, pós-doutor pela Universidade de Grenoble (França), é professor titular da ECA-USP desde 1987. Ministrou, na pós-graduação, sem repetição, 43 cursos diferentes, sendo 23 deles sobre a Nova Teoria da Comunicação. Atualmente coordena o FiloCom - Núcleo de Estudos Filosóficos da Comunicação, da ECA-USP. Entre 1992 a 2000, foi coordenador do NTC - Centro de Estudos e Pesquisas em Novas Tecnologias, Comunicação e Cultura da USP, onde editou 37 revistas Atrator entranho, realizou 45 encontros acadêmicos, 5 congressos internacionais e publicou 5 livros. Já, no FiloCom, publicou, em 2002 e em 2004, o primeiro e o segundo volume da trilogia Nova Teoria da Comunicação. Em 2010/11 completou-se a obra com a publicação de 5 tomos do Volume III da Nova Teoria. Em 2011, propôs a criação da Rede Nacional de Grupos de Pesquisa em Comunicação, vinculando dezenas de núcleos de pesquisa de todo o país. Entre 2013 e 2016 foi articulador do projeto Triangulação Internacional da Comunicação, atuando junto com colegas de Chicago e de Zurique na discussão do tema ?Comunicação e Alteridade?. Em 2014, dinamizou o Projeto FiloCom ?Quinta Essencial?, reunindo 5 grandes nomes da comunicação no Brasil, debatendo entre si suas propostas, numa roda de debates que deverá se estender pelos próximos semestres. Formou vários pesquisadores que são hoje referência no Brasil nas áreas de comunicação, imagem, cibercultura e jornalismo. Tem atuado como conferencista pelo país e no exterior, produziu cerca de 50 livros nas áreas de comunicação, jornalismo, política, filosofia, psicanálise. Foi editor de várias revistas (Comunicação e Artes, Comunicação & política, Atrator estranho), traduziu Niklas Luhmann para ao português. É responsável pela coleção "Filosofia da Comunicação", junto à Editora Paulus, onde propõe títulos revisa traduções do inglês, francês e alemão. Em jornalismo, foi editor do Jornal da USP, colaborador do jornal LEIA, colunista da revista Caros Amigos e da Rádio USP. Criou, a partir de 2017, os Poros da Comunicação, série de diálofos FiloCom-Fapcom, com transmissão ao vivo pelo YouTube. Em rádio, produziu 57 programas da série O Teatro do Mundo - A Canção, para a Rádio USP, coleção essa acolhida pelo acervo do MIS/SP. (Fonte: Currículo Lattes)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o(a) pesquisador(a)
Fundamentos da filosofia budista são apresentados em livro 
Auxílios à pesquisa
Bolsas no país
Bolsas no Exterior
Apoio FAPESP em números * Quantidades atualizadas em 10/04/2021
Colaboradores mais frequentes em auxílios e bolsas FAPESP
Contate o Pesquisador

Este canal da BV/FAPESP deve ser utilizado tão somente para mensagens, referentes aos projetos científicos financiados pela FAPESP.


 

 

 

 

Palavras-chave utilizadas pelo pesquisador
Publicações resultantes de Auxílios e Bolsas sob responsabilidade do(a) pesquisador(a) (2)

(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)

Publicações2
Citações59
Cit./Artigo29,5
Dados do Web of Science

BASTOS, MARCO T.; MERCEA, DAN; CHARPENTIER, ARTHUR. Tents, Tweets, and Events: The Interplay Between Ongoing Protests and Social Media. JOURNAL OF COMMUNICATION, v. 65, n. 2, p. 320-350, . Citações Web of Science: 23. (11/22495-6, 10/06243-4)

BASTOS, MARCO TOLEDO. Shares, Pins, and Tweets News readership from daily papers to social media. JOURNALISM STUDIES, v. 16, n. 3, p. 305-325, . Citações Web of Science: 36. (11/22495-6, 10/06243-4)

Publicações acadêmicas

(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)

SILVA, Raissa Araújo do Rosário. As interfaces da relação eu-espectador com séries de tv. Dissertação (Mestrado) -  Escola de Comunicações e Artes.  Universidade de São Paulo (USP).  São Paulo.  (15/17616-0

OLIVEIRA, Danielle Naves de. Poros - ou as passagens da comunicação. Tese (Doutorado) -  Escola de Comunicações e Artes.  Universidade de São Paulo (USP).  São Paulo.  (02/08756-2

BASTOS, Marco Toledo de Assis. Espectral: sentido e comunicação digital. Tese (Doutorado) -  Escola de Comunicações e Artes.  Universidade de São Paulo (USP).  São Paulo.  (06/00166-2

BASTOS, Marco Toledo de Assis. A epifania digital dos chats - escritura e subjetivação cibercultural. Dissertação (Mestrado) -  Escola de Comunicações e Artes.  Universidade de São Paulo (USP).  São Paulo.  (03/01571-0

NASCIMENTO, Maurício Augusto Pimentel Liesen. Excommunicatio. Ensaio para uma teoria negativa da comunicação. Tese (Doutorado) -  Escola de Comunicações e Artes.  Universidade de São Paulo (USP).  São Paulo.  (10/07423-6

Por favor, reporte erros na informação da página do pesquisador escrevendo para: cdi@fapesp.br.
X

Reporte um problema na página


Detalhes do problema: