Busca avançada
Ano de início
Entree

Raysildo Barbosa Lôbo

CV Lattes



País de origem: Brasil

Graduado em Medicina Veterinária pela Universidade Estadual do Ceará (1971), Especialização em Genética pela Universidade de São Paulo (1972), Mestrado e Doutorado pela Universidade de São Paulo (1976), Pós-Doutorado pela University of Florida (1981 e 1988), Pós-Doutorado pelo Ohio State University (1990) e University of Georgia (1993), Livre-Docência em Ciências Agrárias (Zootecnia) pela Universidade de São Paulo (1980). Título honorífico de Doutor Honoris Causa da Universidade Estadual do Ceará (2014). Pró-Reitor de Pesquisa e Pós-Graduação da Universidade para o Desenvolvimento do Estado e da Região do Pantanal (UNIDERP/2006 a 2007) e atualmente é Professor Sênior da Universidade de São Paulo (FMRP-USP). Durante sua carreira acadêmica atuou na área de genética, com ênfase em Melhoramento Genético Animal e Biotecnologias Reprodutivas, além das atividades de pesquisa orientou cerca de 80 alunos entre mestrado e doutorado, publicou 11 livros e mais de 300 trabalhos científicos em periódicos nacionais e internacionais de renome. Participou da fundação do Programa de Melhoramento Genético da Raça Nelore (PMGRN) atualmente programa Nelore Brasil e da fundação da Associação Nacional de Criadores e Pesquisadores (ANCP), da qual atualmente ocupa o cargo de Presidente. (Fonte: Currículo Lattes)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o(a) pesquisador(a)
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)
Auxílios à pesquisa
Bolsas no país
Apoio FAPESP em números * Quantidades atualizadas em 04/02/2023
Colaboradores mais frequentes em auxílios e bolsas FAPESP
Contate o Pesquisador

Este canal da BV/FAPESP deve ser utilizado tão somente para mensagens, referentes aos projetos científicos financiados pela FAPESP.


 

 

 

 

Palavras-chave utilizadas pelo pesquisador
Por favor, reporte erros na informação da página do pesquisador escrevendo para: cdi@fapesp.br.
X

Reporte um problema na página


Detalhes do problema: