Busca avançada
Ano de início
Entree

Aldair Carlos Rodrigues

CV Lattes GoogleMyCitations ORCID


Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH)  (Instituição-sede da última proposta de pesquisa)
País de origem: Brasil

Possui graduação em História pela Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP, 2003), mestrado (2007) e doutorado (2012) em História Social pela Universidade de São Paulo (USP), com período sanduíche na Universidade de Évora e na Universidade de Coimbra. Suas pesquisas versaram sobre os impactos dos estatutos de pureza de sangue e dos aparatos dos poderes eclesiásticos e inquisitoriais na formação das hierarquias sociais no Brasil do século XVIII. Depois, fez pós-doutorado na UNICAMP (2013-2016) e na Yale University (CT, USA, 2014-2015), onde foi pesquisador no âmbito do Council on Latin American and Iberian Studies, tendo coordenado a Brazil Lecture Series. Foi vencedor do Prêmio CAPES 2013 de melhor tese da área de História e do Grande Prêmio CAPES de melhor tese da área de Humanidades. Em 2012 trabalhou como professor temporário do Instituto de Relações Internacionais da USP e desde 2016 é professor efetivo do Departamento de História da UNICAMP, dedicando-se atualmente ao estudo da diáspora africana no Brasil colonial. 
E-MAIL: aldair16@unicamp.br (Fonte: Currículo Lattes)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o(a) pesquisador(a)
Como a Inquisição atuava no Brasil 
Auxílios à pesquisa
Bolsas no país
Bolsas no Exterior
Apoio FAPESP em números * Quantidades atualizadas em 24/10/2020
Colaboradores mais frequentes em auxílios e bolsas FAPESP
Contate o Pesquisador

Este canal da BV/FAPESP deve ser utilizado tão somente para mensagens, referentes aos projetos científicos financiados pela FAPESP.


 

 

 

 

Palavras-chave utilizadas pelo pesquisador
Publicações acadêmicas

(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)

RODRIGUES, Aldair Carlos. Poder eclesiástico e inquisição no século XVIII luso-brasileiro: agentes, carreiras e mecanismos de promoção social. Tese (Doutorado) -  Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas.  Universidade de São Paulo (USP).  São Paulo.  (07/59427-2

RODRIGUES, Aldair Carlos. Sociedade e inquisição em Minas colonial: os familiares do Santo Ofício (1711-1808). Dissertação (Mestrado) -  Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas.  Universidade de São Paulo (USP).  São Paulo.  (04/04258-3

Por favor, reporte erros na informação da página do pesquisador escrevendo para: cdi@fapesp.br.
X

Reporte um problema na página


Detalhes do problema: