Busca avançada
Ano de início
Entree

José Cupertino Ruiz Vargas

CV Lattes ORCID


Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São Paulo. Instituto de Física Teórica (IFT)  (Instituição-sede da última proposta de pesquisa)
País de origem: Colômbia

I am bachelor in Physics by the National University of Colombia acting in the field of Experimental High Energy Physics. Master in Physics by the São Paulo State University and Ph.D. in Physics by the same institution. I am co-author of more than 200 scientific publications with the Compact Muon Solenoid (CMS) collaboration from the European Organization for Nuclear Research (CERN). My expertise spans to Statistics and Data Science, including particular skills in computer programming and Machine Learning algorithms. (Fonte: Currículo Lattes)

Bolsas no país
Apoio FAPESP em números*
*Quantidades atualizadas em 18/05/2019
Colaboradores mais frequentes em auxílios e bolsas FAPESP
Contate o Pesquisador

Este canal da BV/FAPESP deve ser utilizado tão somente para mensagens, referentes aos projetos científicos financiados pela FAPESP.


 

 

 

 

Palavras-chave utilizadas pelo pesquisador
Videos relacionados aos auxílios à pesquisa e bolsas

SP Pesquisa - Bóson de Higgs - 1º Bloco

Publicado em 2 de maio de 2015 - SP Pesquisa - Bóson de Higgs - 1º Bloco. Em março de 2013, as manchetes do mundo todo se voltaram à descoberta do bóson de Higgs. Era a peça que faltava para completar o Modelo Padrão da Física de Partículas, o arcabouço teórico que explica de que são feitas todas as coisas que são vistas na natureza - dos átomos do nosso corpo às reações nucleares no coração das estrelas. A descoberta foi feita no LHC (o maior acelerador de partículas do mundo), na Suíça. O Brasil teve certa participação, ao colaborar para o processamento da montanha de dados vindos dos aceleradores, compondo uma sofisticada rede computacional chamada SPRACE, montada na UNESP com financiamento FAPESP. O programa apresenta tal participação e explica o que é o campo de Higgs, onde está o bóson e por que a descoberta é tão relevante.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.
Por favor, reporte erros na informação da página do pesquisador escrevendo para: cdi@fapesp.br.
X

Reporte um problema na página


Detalhes do problema: