Busca avançada
Ano de início
Entree

Fernanda Quaglio

CV Lattes


Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Instituto de Geociências e Ciências Exatas (IGCE)  (Instituição-sede da última proposta de pesquisa)
País de origem: Brasil

É professora adjunta do Departamento de Ecologia e Biologia Evolutiva (DEBE) da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), campus Diadema. Foi professora do curso de Geologia da Universidade Federal de Uberlândia, campus de Monte Carmelo, MG (2016-2018), e coordenadora científica da APECS-Brasil (2014-2018). Possui pós-Doutorado no IGCE-UNESP (2017) pela Universidade Estadual Paulista, campus Rio Claro, e doutorado (2013) e mestrado (2007) em Geociências (Geologia Sedimentar e Geoquímica e Geotectônica, respectivamente) e graduação (2003) em Ciências Biológicas pela Universidade de São Paulo. Paleontóloga, com especialidade em taxonomia, paleobiogeografia e tafonomia de bivalves e outros macroinvertebrados. Tem estudado fósseis do Cenozoico da Antártica, Cretáceo da Bacia do Araripe, Permiano da Bacia do Paraná e ilhas Falklands, e Ediacarano do Brasil e Argentina. Os assuntos de interesse se focam em questões paleogeográficas, relacionadas a resposta de faunas pretéritas frente a mudanças tectônicas e climáticas, bem como à distribuição de estilos de preservação tafonômica no arcabouço estratigráfico regional. (Fonte: Currículo Lattes)

Bolsas no país
Apoio FAPESP em números * Quantidades atualizadas em 18/01/2020
1 Bolsas no país concluídas

Processos vinculados
Colaboradores mais frequentes em auxílios e bolsas FAPESP
Contate o Pesquisador

Este canal da BV/FAPESP deve ser utilizado tão somente para mensagens, referentes aos projetos científicos financiados pela FAPESP.


 

 

 

 

Palavras-chave utilizadas pelo pesquisador
Videos relacionados aos auxílios à pesquisa e bolsas

O último litoral de Minas

Publicado em 11 de fevereiro de 2015 - Pesquisa FAPESP. Geólogos e paleontólogos da Universidade de São Paulo (USP) e da Universidade Estadual Paulista (Unesp) explicam como fósseis de cloudinas e corumbellas - diminutos fragmentos de animais marinhos, encontrados em Januária, no norte de Minas Gerais -, indicam que um braço de mar raso, com cerca de 10 metros de profundidade, cobria partes do Brasil há cerca de 550 milhões de anos.

Publicações resultantes de Auxílios e Bolsas sob responsabilidade do(a) pesquisador(a) (3)

(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)

Publicações3
Citações20
Cit./Artigo6,7
Dados do Web of Science

WARREN, LUCAS VERISSIMO; VAREJAO, FILIPE GIOVANINI; QUAGLIO, FERNANDA; SIMOES, MARCELLO GUIMARAES; FUERSICH, FRANZ THEODOR; POIRE, DANIEL GUSTAVO; CATTO, BRUNO; ASSINE, MARIO LUIS. Stromatolites from the Aptian Crato Formation, a hypersaline lake system in the Araripe Basin, northeastern Brazil. FACIES, v. 63, n. 1, . Citações Web of Science: 6. (14/27337-8, 04/15786-0)

CUSTODIO, MICHELE ANDRIOLLI; QUAGLIO, FERNANDA; WARREN, LUCAS VERISSIMO; SIMOES, MARCELLO GUIMARAES; FUERSICH, FRANZ THEODOR; PERINOTTO, JOSE ALEXANDRE J.; ASSINE, MARIO LUIS. The transgressive-regressive cycle of the Romualdo Formation (Araripe Basin): Sedimentary archive of the Early Cretaceous marine ingression in the interior of Northeast Brazil. SEDIMENTARY GEOLOGY, v. 359, p. 1-15, . Citações Web of Science: 10. (14/00519-9, 14/27337-8, 04/15786-0)

FUERSICH, FRANZ T.; CUSTODIO, MICHELE ANDRIOLLI; MATOS, SUZANA A.; HETHKE, MANJA; QUAGLIO, FERNANDA; WARREN, LUCAS VERISSIMO; ASSINE, MARIO L.; SIMOES, MARCELLO G.. Analysis of a Cretaceous (late Aptian) high-stress ecosystem: The Romualdo Formation of the Araripe Basin, northeastern Brazil. CRETACEOUS RESEARCH, v. 95, p. 268-296, . Citações Web of Science: 4. (14/27337-8)

Por favor, reporte erros na informação da página do pesquisador escrevendo para: cdi@fapesp.br.
X

Reporte um problema na página


Detalhes do problema: