Busca avançada
Ano de início
Entree

Camila de Oliveira Silva e Souza

CV Lattes ORCID


Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (FCFRP)  (Instituição-sede da última proposta de pesquisa)
País de origem: Brasil

Possui graduação em Biomedicina pela Universidade do Oeste Paulista (2014), com licenciamento em Análises Clínicas e Diagnóstico por Imagem. Mestrado em Ciências obtido pelo programa de Imunologia Básica e Aplicada (IBA) da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP) - (2017), sobre a orientação do Prof. Dr. João Santana da Silva, atuando principalmente no seguinte tema: Receptores NLRs e doença fúngica - Paracoccidioidomicose. Atualmente é doutoranda pelo programa de IBA-FMRP/USP, sobre a orientação da Profa. Dra. Lúcia Helena Faccioli, atuando na seguinte linha: Receptores da Imunidade Inata; doença parasitária- esquistossomose. (Fonte: Currículo Lattes)

Apoio FAPESP em números * Quantidades atualizadas em 08/05/2021
Colaboradores mais frequentes em auxílios e bolsas FAPESP
Contate o Pesquisador

Este canal da BV/FAPESP deve ser utilizado tão somente para mensagens, referentes aos projetos científicos financiados pela FAPESP.


 

 

 

 

Palavras-chave utilizadas pelo pesquisador
Publicações resultantes de Auxílios e Bolsas sob responsabilidade do(a) pesquisador(a) (1)

(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)

SOUZA, CAMILA OLIVEIRA SILVA; GARDINASSI, LUIZ GUSTAVO; RODRIGUES, VANDERLEI; FACCIOLI, LUCIA HELENA. Monocyte and Macrophage-Mediated Pathology and Protective Immunity During Schistosomiasis. FRONTIERS IN MICROBIOLOGY, v. 11, . Citações Web of Science: 0. (14/07125-6, 18/22667-0)

Publicações acadêmicas

(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)

SOUZA, Camila de Oliveira Silva e. Ativação do inflamassoma de NLRC4 confere suscetibilidade à infecção por Paracoccidioides brasiliensis. Dissertação (Mestrado) -  Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto.  Universidade de São Paulo (USP).  Ribeirão Preto.  (15/21605-3

Por favor, reporte erros na informação da página do pesquisador escrevendo para: cdi@fapesp.br.
X

Reporte um problema na página


Detalhes do problema: