Busca avançada
Ano de início
Entree

Jose Octavio Armani Paschoal

CV Lattes



País de origem: Brasil

Engenheiro de Materiais, PhD em Engenharia pela Universitat Karlsruhe, na Alemanha. Pesquisador do Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), trabalhou cerca de 30 anos no Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (IPEN -CNEN/SP), atuando como Chefe do Centro de Ciência e Tecnologia de Materiais (CCTM) e Diretor de Projetos Especiais (DPE). Foi Coordenador da Rede Nacional de Sistemas de Integração e Desenvolvimento de Células a Combustível pelo Programa Brasileiro de Células a Combustível Hidrogênio (PROH2/MCTI). Consultor na área de gestão de empresas de base tecnológica e de inovação, atualmente é Presidente do Instituto Inova, entidade responsável pela gestão do Centro de Inovação e do Parque Eco Tecnológico de São Carlos (Ecotec Damha) e, desde 1998, Presidente do Centro Cerâmico do Brasil (CCB), importante núcleo de desenvolvimento da indústria brasileira de cerâmica para revestimento. Tem experiência no desenvolvimento de projetos de pesquisas em inovação, materiais, energia e meio ambiente, com foco em fontes de energia renováveis, impactos, melhoria do desempenho energético e ambiental, bem como avaliação do ciclo de vida de produtos e serviços. (Fonte: Currículo Lattes)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o(a) pesquisador(a)
Rede Paulista de Astronomia será lançada durante workshop na FAPESP 
Matéria(s) publicada(s) na Revista Pesquisa FAPESP sobre o(a) pesquisador(a):
Cerámica más sofisticada 
Cerâmica mais sofisticada 
Requinte sobre a matéria-prima 
Auxílios à pesquisa
Bolsas no país
Apoio FAPESP em números * Quantidades atualizadas em 17/04/2021
Colaboradores mais frequentes em auxílios e bolsas FAPESP
Contate o Pesquisador

Este canal da BV/FAPESP deve ser utilizado tão somente para mensagens, referentes aos projetos científicos financiados pela FAPESP.


 

 

 

 

Palavras-chave utilizadas pelo pesquisador
Por favor, reporte erros na informação da página do pesquisador escrevendo para: cdi@fapesp.br.
X

Reporte um problema na página


Detalhes do problema: