Busca avançada
Ano de início
Entree

Ana Carolina Estrela da Costa

CV Lattes ORCID


Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH)  (Instituição-sede da última proposta de pesquisa)
País de origem: Brasil

Doutoranda em Antropologia Social na Universidade de São Paulo. Mestre em Antropologia Social pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), na linha de pesquisa em Antropologia da Imagem e do Som. Bacharel em Direito e em Música Popular, com formação complementar em Antropologia, pela Universidade Federal de Minas Gerais (2008 e 2012). Trabalha na formação de cineastas indígenas e na elaboração e edição audiovisual com a etnia Maxakali, Tem experiência na área de Artes, com ênfase em Etnomusicologia e produção de filmes etnográficos, atuando principalmente nos seguintes temas: oficinas de cinema, registro audiovisual, documentário etnográfico, cinema indígena. (Fonte: Currículo Lattes)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o(a) pesquisador(a)
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)
Bolsas no país
Bolsas no Exterior
Apoio FAPESP em números * Quantidades atualizadas em 18/09/2021
Colaboradores mais frequentes em auxílios e bolsas FAPESP
Contate o Pesquisador

Este canal da BV/FAPESP deve ser utilizado tão somente para mensagens, referentes aos projetos científicos financiados pela FAPESP.


 

 

 

 

Palavras-chave utilizadas pelo pesquisador
Videos relacionados aos auxílios à pesquisa e bolsas

Plataforma on-line mostra a resistência indígena durante a pandemia


Publicado em 29 de setembro de 2020 - Agência FAPESP. Realizadores indígenas e pesquisadores criam espaço virtual para a exibição de filmes que mostram luta dos povos autóctones do Brasil contra ameaças trazidas pelo homem branco, como a chegada da COVID-19 às aldeias. Entre as produções mais recentes, encontram-se filmes que mostram o dia a dia com o SARS-COV-2 nas aldeias e como diferentes povos estão enfrentando a crise sanitária. Antecedendo a mostra, foi lançada em julho a plataforma Mirando Mundos Possíveis https://redecineflecha.org/mirando-mundos-possiveis/ , reunindo vídeos que trazem experiências, reflexões e relatos indígenas diante da atual crise global. A Rede CineFlecha apresenta também, entre os dias 1 e 15 de outubro, a 1ª Mostra CineFlecha: “(Re)Existir e Curar” https://redecineflecha.org/mostra/ , que traz um conjunto de filmes que mostram a diversidade da produção de diferentes povos indígenas, além de uma série de lives com os cineastas. A rede é formada por coletivos indígenas e articuladores que trabalham com cinema, comunicação e antropologia, parte deles apoiados pela FAPESP.

Por favor, reporte erros na informação da página do pesquisador escrevendo para: cdi@fapesp.br.
X

Reporte um problema na página


Detalhes do problema: