Busca avançada
Ano de início
Entree

Wagner José Fávaro

CV Lattes ResearcherID ORCID Google Scholar Citations


Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Instituto de Biologia (IB)  (Instituição-sede da última proposta de pesquisa)
País de origem: Brasil

Professor de Anatomia Humana na Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) e, especialista em Uropatologia, Carcinogênese Urogenital, Nanomedicina e Desenvolvimento de Fármacos. Livre-Docente em Anatomia do Sistema Urogenital (2022) pela UNICAMP. Possui Mestrado, Doutorado e Pós-Doutorado pela UNICAMP. Ele é membro internacional das Sociedades Americana de Oncologia Clínica (ASCO - American Society of Clinical Oncology) e Européia de Oncologia Médica (ESMO - European Society for Medical Oncology). Membro Titular da Sociedade Brasileira de Nanomedicina. Membro da Comissão de Avaliação Quadrienal (2017 a 2020) na área da Medicina III da CAPES. Sócio-Fundador da NANOIMMUNOTHERAPY PHARMA LTDA, empresa dedicada ao desenvolvimento de medicamentos para uso humano e veterinário. Líder do grupo de pesquisa "Nanomedicina Aplicada à Imuno-Oncologia e Doenças Inflamatórias"junto ao CNPq. Criador do Canal do Youtube: Anatomia Unicamp, destinado ao estudo da Anatomia Humana. Ele publicou diversos artigos científicos em revistas nacionais e internacionais de seletiva política editorial, além de capítulos de livros. Ele possui patentes depositadas no Brasil e exterior e marcas registradas, com destaque ao processo de desenvolvimento da imunoterapia OncoTherad. Configura na lista Top 10.000 dos pesquisadores mais influentes da América Latina pelo Alper-Doger (AD) Scientific Index 2021. Ele recebeu diversos prêmios por sua contribuição científica, incluindo o Prêmio SBOC de Ciência (2021); Prêmio Inventores UNICAMP 2020 nas categorias Tecnologia Licenciada e Criação de Spin-Off; Medalha "Newton Prado" (2018) pelos relevantes serviços prestados à comunidade; Prêmio Prof. Nelson Rodrigues Netto Jr. de Urologia (2018); Prêmio INOVA UNICAMP de Iniciação à Inovação (2018) e; IV Prêmio Octavio Frias de Oliveira na modalidade Inovação Tecnólogica em Oncologia (2013); além de diversas premiações em eventos científicos. Após 15 anos de pesquisa com carcinogênese urogenital e nanotecnologia, desenvolveu a primeira imunoterapia 100% brasileira dentro de uma universidade pública. A imunoterapia batizada com o nome OncoTherad (MRB-CFI-1) demonstrou ter um grande potencial na redução de diferentes tumores sólidos. Em decorrência dos estudos pré-clínicos e clínicos, em animais e seres humanos, da imunoterapia OncoTherad (MRB-CFI-1), o Dr. Wagner José Fávaro criou o Centro de Imunoterapia e Doenças Inflamatórias (CIDI)/ UNICAMP, atuando como coordenador geral. Ele coordenou o Projeto de Cooperação Internacional em Pesquisa e Desenvolvimento pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações (MCTIC) com a Eslovênia (2014). Ele foi representante titular do Ministério da Ciência e Tecnologia (MCTI) junto ao Consórcio Brasil Comunidade Européia, denominado NANoREG (A common European approach to the regulatory testing of Manufactured Nanomaterials) para o estabelecimento de protocolos de avaliação para nanomateriais. (Fonte: Currículo Lattes)

Matéria(s) publicada(s) na Revista Pesquisa FAPESP sobre o(a) pesquisador(a):
Apresentado mecanismo de ação do fármaco P-Mapa 
Mensajeros poderosos 
Carteiros notáveis 
Matéria(s) publicada(s) no Pesquisa para Inovação FAPESP sobre o(a) pesquisador(a):
Medicamento para câncer desenvolvido na Unicamp tem patente concedida nos EUA 
Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o(a) pesquisador(a)
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)
Auxílios à pesquisa
Bolsas no país
Bolsas no Exterior
Apoio FAPESP em números * Quantidades atualizadas em 13/08/2022
Colaboradores mais frequentes em auxílios e bolsas FAPESP
Contate o Pesquisador

Este canal da BV/FAPESP deve ser utilizado tão somente para mensagens, referentes aos projetos científicos financiados pela FAPESP.


 

 

 

 

Palavras-chave utilizadas pelo pesquisador
Videos relacionados aos auxílios à pesquisa e bolsas

Mecanismos e efeitos do imunomodulador P-MAPA no tratamento dos cânceres de próstata e bexiga


Publicado em Junho de 2016 - Agência FAPESP - Durante o simpósio realizado pela FAPESP e pela EU-LIFE – organização europeia que reúne centros de pesquisa da área de Ciências da Vida de 13 países – foi apresentado o mecanismo de ação de um promissor candidato a fármaco brasileiro conhecido como P-MAPA (abreviação de agregado polimérico de fosfolinoleato-palmitoleato de magnésio e amônio proteico), que em testes pré-clínicos mostrou ação contra tumores e doenças infecciosas. “Com o uso de modelos animais para câncer de bexiga, conseguimos elucidar completamente o mecanismo de ação do imunomodulador P-MAPA”, contou o pesquisador Wagner José Fávaro, do Instituto de Biologia da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Conforme explicou, o fármaco ativa receptores da membrana celular conhecidos como toll-like – particularmente os subtipos 2 e 4. Isso induz uma resposta imunológica mediada pela citocina interferon-gama e estimula a produção e a função da proteína p-53. Em conjunto, esses efeitos induzem a morte das células tumorais.

Patente(s) depositada(s)

Solicitação em análise e dentro do prazo legal de sigilo previsto na legislação PCT/BR2018/000031 - Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Solicitação em análise e dentro do prazo legal de sigilo previsto na legislação - 14 de junho de 2018

Solicitação em análise e dentro do prazo legal de sigilo previsto na legislação BR1020170047245 - Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Solicitação em análise e dentro do prazo legal de sigilo previsto na legislação - 09 de março de 2017

PROCESSO DE OBTENÇÃO DE COMPLEXO NANOESTRUTURADO (CFI-1), COMPLEXO NANOESTRUTURADO ASSOCIADO A PROTEÍNA (MRB-CFI-1) E USO BR1020170127680 - Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Wagner José Fávaro; Nelson Eduardo Duran Caballero - 14 de junho de 2017

Por favor, reporte erros na informação da página do pesquisador escrevendo para: cdi@fapesp.br.
X

Reporte um problema na página


Detalhes do problema: