Busca avançada
Ano de início
Entree

Bruno Luiz Avelino Cardoso

CV Lattes GoogleMyCitations ORCID


Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). Centro de Educação e Ciências Humanas (CECH)  (Instituição-sede da última proposta de pesquisa)
País de origem: Brasil

Psicólogo, terapeuta cognitivo certificado pela Federação Brasileira de Terapias Cognitivas (FBTC). Doutorando em Psicologia (Comportamento social e processos cognitivos) pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) e apoio da Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP). Mestre em Psicologia (Processos Clínicos e Saúde) pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA), com estágio de pesquisa sobre violência e habilidades sociais na UFSCar e apoio da Fundação de Amparo a Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (FAPEMA), Especialista em Psicoterapia Cognitivo-Comportamental pelo Instituto WP (IWP/FACCAT). Diretor acadêmico e sócio fundador do Instituto de Teoria e Pesquisa em Psicoterapia Cognitivo-Comportamental (ITPC). Professor convidado de cursos de especialização em Terapia Cognitivo-Comportamental. Membro do Grupo de Pesquisa Relações Interpessoais e Habilidades Sociais - RIHS (UFSCar) e do Grupo de Estudos em Prevenção e Promoção da Saúde no Ciclo da Vida - GEPPSVida (Universidade de Brasília, UnB). Principais temas de pesquisa: terapia cognitivo-comportamental, habilidades sociais, habilidades sociais conjugais, casais, violências. Contato: brunolacardoso@gmail.com (Fonte: Currículo Lattes)

Bolsas no país
Bolsas no Exterior
Apoio FAPESP em números * Quantidades atualizadas em 20/07/2019
Colaboradores mais frequentes em auxílios e bolsas FAPESP
Contate o Pesquisador

Este canal da BV/FAPESP deve ser utilizado tão somente para mensagens, referentes aos projetos científicos financiados pela FAPESP.


 

 

 

 

Palavras-chave utilizadas pelo pesquisador
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.
Por favor, reporte erros na informação da página do pesquisador escrevendo para: cdi@fapesp.br.
X

Reporte um problema na página


Detalhes do problema: