Busca avançada
Ano de início
Entree

Fernando Graniero Echeverrigaray

CV Lattes ORCID


Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Instituto de Física Gleb Wataghin (IFGW)  (Instituição-sede da última proposta de pesquisa)
País de origem: Brasil

Fernando G. Echeverrigaray é atualmente bolsista de pós-doutorado da FAPESP no Instituto de Física "Gleb Wataghin" da Unicamp, membro associado do Instituto Nacional de Engenharia de Superfícies (INES) e University Chapters (UC-RS). Possui doutorado em Engenharia e Ciência dos Materiais (2018) pela Universidade de Caxias do Sul (PPGMAT-UCS) e tem sido um membro colaborador do Epipole R&D Group na mesma instituição. Atuou como consultor/pesquisador para o desenvolvimento de reatores industriais e sistemas de vácuo na Plasmar Tecnologia Ltda. Ele recebeu o Prêmio Prata de Melhor Pôster pela União Internacional de Sociedades de Pesquisa de Materiais (2017) e um Certificado de Excelência em Revisão (2020), Elsevier. Seus interesses de pesquisa se concentram em absorvedores solares, heteroestruturas e interfaces multifásicas principalmente constituídas de dicalcogenetos e óxidos de metais de transição (TMDs/TMOs, acrônimos em inglês) e suas aplicações para o desenvolvimento sustentável. Tem experiência na área de ciência de materiais e engenharia de superfícies, com ênfase em síntese, caracterização e aplicação de filmes finos e nanoestruturas, atuando principalmente nos seguintes temas: (1) técnicas de deposição e tecnologia à vácuo - nitretação e oxidação por plasma pulsado, PVD, PECVD por confinamento eletrostático, magnetron sputtering, dynamic glance angle deposition (DGLAD), ion plating e dual ion beam assisting deposition (DIBAD); (2) morfologia, composição e estrutura em relação às propriedades físico-químicas, ópticas, vibracionais, mecânicas e nanotribológicas de materiais funcionais avançados, superfícies sólidas e interfaces. Sua tese de doutorado intitulada ?Interações de van der Waals na superlubricidade de filmes nanoestruturados e hidrogenados? sob a orientação do professor Dr. Carlos Alejandro Figueroa, se concentra na natureza da dissipação de energia por meio de interações de van der Waals, particularmente na força de dispersão de Londres de nanoestruturas de carbono tipo diamante hidrogenado associada com a mecânica de contato em nanoescala no regime sem desgaste. Os resultados de interesse estão relacionados aos efeitos que influenciaram as forças de atrito como teor de hidrogênio, diferença de potencial eletrostático na superfície, polarizabilidade e deformações moleculares. Conclui-se que esses efeitos sinérgicos contribuem para alcançar o fenômeno da superlubricidade estrutural em sistemas dielétricos à base de carbono. (Fonte: Currículo Lattes)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o(a) pesquisador(a)
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)
Bolsas no país
Apoio FAPESP em números * Quantidades atualizadas em 25/06/2022
1 Bolsas no país em andamento

Processos vinculados
Colaboradores mais frequentes em auxílios e bolsas FAPESP
Contate o Pesquisador

Este canal da BV/FAPESP deve ser utilizado tão somente para mensagens, referentes aos projetos científicos financiados pela FAPESP.


 

 

 

 

Palavras-chave utilizadas pelo pesquisador
Por favor, reporte erros na informação da página do pesquisador escrevendo para: cdi@fapesp.br.
X

Reporte um problema na página


Detalhes do problema: