Busca avançada
Ano de início
Entree

Mariana Amabile Boscariol

CV Lattes GoogleMyCitations ResearcherID ORCID


Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH)  (Instituição-sede da última proposta de pesquisa)
País de origem: Brasil

Mariana Boscariol é graduada em História pela Universidade do Estado de São Paulo (UNESP, 2009), mestre em Letras pelo Departamento de Línguas Orientais da Universidade de São Paulo (USP, 2013) e doutora em História pela Universidade Nova de Lisboa (UNL, 2018). Com uma experiência internacional que inclui o Japão (Aichi Prefecture University) e o Reino Unido (University of Manchester), sua pesquisa se centrou na atividade jesuítica no Brasil e no Japão durante o século XVI e XVII. Sendo pesquisadora integrada do CHAM - Centro de Humanidades (UNL, Portugal), atualmente busca explorar outros aspectos da história global do império português no período moderno, principalmente em relação à história transcultural e econômica, explorando categorias tais como governação, comércio, fronteiras e circulação no Brasil e na Ásia Oriental. (Fonte: Currículo Lattes)

Bolsas no país
Bolsas no Exterior
Apoio FAPESP em números * Quantidades atualizadas em 19/06/2021
Colaboradores mais frequentes em auxílios e bolsas FAPESP
Contate o Pesquisador

Este canal da BV/FAPESP deve ser utilizado tão somente para mensagens, referentes aos projetos científicos financiados pela FAPESP.


 

 

 

 

Palavras-chave utilizadas pelo pesquisador
Publicações acadêmicas

(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)

BOSCARIOL, Mariana Amabile. No que toca a língua e adaptação na metodologia de trabalho jesuíta no Japão: Gaspar Vilela, Alessandro Valignano e João Rodrigues Tçuzu (1549-1620). Dissertação (Mestrado) -  Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas.  Universidade de São Paulo (USP).  São Paulo.  (11/02614-0

Por favor, reporte erros na informação da página do pesquisador escrevendo para: cdi@fapesp.br.
X

Reporte um problema na página


Detalhes do problema: