Busca avançada
Ano de início
Entree

Dirceu de Mattos Junior

CV Lattes ResearcherID ORCID


Secretaria de Agricultura e Abastecimento (São Paulo - Estado). Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA). Instituto Agronômico (IAC)  (Instituição-sede da última proposta de pesquisa)
País de origem: Brasil

Dirceu Mattos Jr é pesquisador do Instituto Agronômico (IAC), tem experiência na área de Agronomia, com ênfase em Fertilidade do Solo e Nutrição de Plantas, atuando principalmente nos temas: fisiologia do estresse, nutrição de plantas, uso e eficiência de nutrientes na agricultura, manejo da fertilidade do solo, adubos e adubações, porta-enxertos e qualidade de frutos. Seu trabalho tem orientado recomendações do manejo nutricional dos citros para o aumento da produtividade e qualidade dos pomares. Formado Engenheiro Agrônomo pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1990), mestre em Solos e Nutrição de Plantas pela Universidade de São Paulo (1993) e doutor em ciências do solo e da água pela Universidade da Flórida (EUA) (2000). Foi Coordenador da Área de Agrárias e Veterinária da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) (2009-2018) e Presidente da Sociedade Internacional de Citricultura (2013-2016). Atualmente é membro do International Plant Nutrition Council (IPNC) e do conselho curador da Fundação de Apoio à Pesquisa Agrícola (Fundag) e Diretor do Centro de Citricultura Sylvio Moreira (IAC). (Fonte: Currículo Lattes)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o(a) pesquisador(a)
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)
Auxílios à pesquisa
Bolsas no país
Bolsas no Exterior
Apoio FAPESP em números * Quantidades atualizadas em 13/08/2022
Contate o Pesquisador

Este canal da BV/FAPESP deve ser utilizado tão somente para mensagens, referentes aos projetos científicos financiados pela FAPESP.


 

 

 

 

Palavras-chave utilizadas pelo pesquisador
Por favor, reporte erros na informação da página do pesquisador escrevendo para: cdi@fapesp.br.
X

Reporte um problema na página


Detalhes do problema: