Busca avançada
Ano de início
Entree

Queila Cristina Dias

CV Lattes


Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Instituto de Biologia (IB)  (Instituição-sede da última proposta de pesquisa)
País de origem: Brasil

Doutora em Carcinogênese Urogenital e Imunoterapia pelo Departamento de Biologia Celular e Estrutural, Instituto de Biologia (IB), Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Graduada (2013) no curso de Ciências Biológicas (IB/UNICAMP), com mestrado (2015) na área de Anatomia realizado junto ao Laboratório de Carcinogênese Urogenital e Imunoterapia (LCURGIM) no Departamento de Biologia Celular e Estrutural/ IB/ UNICAMP. Atua no estudo das Lesões Genitourinárias, Carcinogênese e Imunoterapia no Aparelho Urogenital em animais experimentais e humanos. Possui experiência em projetos de: modulação do microambiente tumoral; toxicologia clínica e experimental; nanotecnologia: desenvolvimento de nanopartículas e reposicionamento clínico de fármacos; novas estratégias terapêuticas para o tratamento dos cânceres vesical e prostático; histopatologia de animais; biologia molecular com ênfase na caracterização das vias inflamatórias canônica e não canônica dos receptores toll-like. Também, possui experiência na área de Farmacologia, com ênfase em Toxicologia. (Fonte: Currículo Lattes)

Bolsas no país
Apoio FAPESP em números * Quantidades atualizadas em 19/06/2021
2 Bolsas no país concluídas

Processos vinculados
Colaboradores mais frequentes em auxílios e bolsas FAPESP
Contate o Pesquisador

Este canal da BV/FAPESP deve ser utilizado tão somente para mensagens, referentes aos projetos científicos financiados pela FAPESP.


 

 

 

 

Palavras-chave utilizadas pelo pesquisador
Publicações resultantes de Auxílios e Bolsas sob responsabilidade do(a) pesquisador(a) (1)

(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)

Por favor, reporte erros na informação da página do pesquisador escrevendo para: cdi@fapesp.br.
X

Reporte um problema na página


Detalhes do problema: