Busca avançada
Ano de início
Entree

Ana Candida Martins Rodrigues

CV Lattes ORCID


Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). Centro de Ciências Exatas e de Tecnologia (CCET)  (Instituição Sede da última proposta de pesquisa)
País de origem: Brasil

Profa.Titular do Departamento de Engenharia de Materiais da Universidade Federal de São Carlos, possui graduação em química pela Universidade de São Paulo (1982), mestrado (1984) e doutorado (1988) em Eletroquímica do Sólido pela École Nationale Supérieure d'Électrochimie et Électrometallurgie de Grenoble. Tem experiência na área de Engenharia de Materiais com ênfase em Cerâmicas e Vidros, atuando principalmente nos seguintes temas: vidro, condutividade iônica de vidros, cristalização de vidros, obtenção e caracterização de vitrocerâmicas condutoras, vitrocerâmicas com estrutura Nasicon, eletrólitos sólidos, caracterização elétrica por espectroscopia de impedância complexa. É coordenadora de Difusão e Educação do CEPID (Fapesp)-CeRTEV (Center for Research, Technology and Education in Vitreous Materials) e Chair do Technical Committee TC23 , "Glass Education" da International Commission on Glass, ICG. (Fonte: Currículo Lattes)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o(a) pesquisador(a)
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)
Auxílios à pesquisa
Bolsas no país
Bolsas no Exterior
Apoio FAPESP em números * Quantidades atualizadas em 21/01/2023
Colaboradores mais frequentes em auxílios e bolsas FAPESP
Contate o Pesquisador

Este canal da BV/FAPESP deve ser utilizado tão somente para mensagens, referentes aos projetos científicos financiados pela FAPESP.


 

 

 

 

Palavras-chave utilizadas pelo pesquisador
Alta temperatura Armazenamento de energia Baterias de íon-lítio Biomateriais Caracterização estrutural Cerâmica (materiais cerâmicos) Cerâmica vermelha Cerâmicas ferroelétricas Cerâmicas Ciências Exatas e da Terra Ciências Sociais Aplicadas Compostos com estrutura NASICON Comunicação Condução eletrônica Condutividade elétrica Condutividade iônica Congressos Crescimento de cristais Cristalização Dissilicato de lítio Divulgação científica Educação Eletrólitos poliméricos Engenharia de Materiais e Metalúrgica Engenharias Enxertos Escândio Espectroscopia de impedância Espectroscopia infravermelha Espinélio Eventos científicos e de divulgação Físico-química Fluorescência Fontes alternativas de energia História em quadrinhos Informação científica Intercâmbio de pesquisadores Jornalismo científico Lítio Materiais Não-metálicos Materiais cerâmicos Materiais compósitos Materiais metálicos Materiais não metálicos Materiais vitrocerâmicos Materiais Multimídia Narrativa Niobato de lítio Niobatos Nucleação Polímeros (materiais) Propriedades elétricas Propriedades ópticas Química Inorgânica Química Rádio e Televisão Raios X Refratários Relaxação estrutural Ressonância magnética nuclear Sinterização Síntese de pós Tecidos suporte Técnicas de caracterização elétrica Telúrio Temperatura de transição vítrea Termodinâmica Transição vítrea Transporte de íons Tratamento térmico Vidro Vidros metálicos Viscosidade Vitrocerâmica
Patente(s) depositada(s)

PROCESSO DE OBTENÇÃO DE ENXERTOS ÓSSEOS BIOATIVOS POR IMPRESSÃO 3D E PRODUTOS OBTIDOS BR1020180720465 - Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). Edgar Dutra Zanotto ; Ana Candida Martins Rodrigues ; OSCAR PEITL FILHO ; MURILO CAMURI CROVACE ; MARINA TREVELIN SOUZA ; Carlos Alberto Fortulan - 25 de outubro de 2018

Por favor, reporte erros na informação da página do pesquisador escrevendo para: cdi@fapesp.br.
X

Reporte um problema na página


Detalhes do problema: