Busca avançada
Ano de início
Entree

Tatiana Martins Venancio

CV Lattes


Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Núcleo de Desenvolvimento da Criatividade (NUDECRI)  (Instituição-sede da última proposta de pesquisa)
País de origem: Brasil

Doutoranda em Educação pelo programa de Educação Científica, Matemática e Tecnológica da Universidade de São Paulo (USP), onde desenvolve pesquisa sobre as relações entre comunicação científica e inclusão social. Mestre em Ciências pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP). Especialista em divulgação científica pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Possui graduação em Ciências Biológicas (Bacharelado e Licenciatura) pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. (Fonte: Currículo Lattes)

Bolsas no país
Apoio FAPESP em números * Quantidades atualizadas em 21/03/2020
3 Bolsas no país concluídas

Processos vinculados
Colaboradores mais frequentes em auxílios e bolsas FAPESP
Contate o Pesquisador

Este canal da BV/FAPESP deve ser utilizado tão somente para mensagens, referentes aos projetos científicos financiados pela FAPESP.


 

 

 

 

Palavras-chave utilizadas pelo pesquisador
Publicações resultantes de Auxílios e Bolsas sob responsabilidade do(a) pesquisador(a) (1)

(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)

VENANCIO, TATIANA MARTINS; MACHADO, ROBERTA MARCONDES; CASTOLDI, ANGELA; AMANO, MARIANE TAMI; NUNES, VALERIA SUTTI; ROCHA QUINTAO, EDER CARLOS; SARAIVA CAMARA, NIELS OLSEN; SORIANO, FRANCISCO GARCIA; CAZITA, PATRICIA MIRALDA. CETP Lowers TLR4 Expression Which Attenuates the Inflammatory Response Induced by LPS and Polymicrobial Sepsis. Mediators of Inflammation, . Citações Web of Science: 7. (11/04302-6, 12/22422-1)

Publicações acadêmicas

(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)

VENANCIO, Tatiana Martins. A proteína de transferência de colesterol esterificado humana protege camundongos da sepse polimicrobiana e atenua a resposta inflamatória em macrófagos estimulados com lipopolissacarídeo. Dissertação (Mestrado) -  Faculdade de Medicina.  Universidade de São Paulo (USP).  São Paulo.  (11/04302-6

Por favor, reporte erros na informação da página do pesquisador escrevendo para: cdi@fapesp.br.
X

Reporte um problema na página


Detalhes do problema: