Busca avançada
Ano de início
Entree

Alexandre Magno Sebbenn

CV Lattes ORCID


Secretaria do Meio Ambiente (São Paulo - Estado). Instituto Florestal  (Instituição Sede da última proposta de pesquisa)
País de origem: Brasil

Possui graduação em Engenharia Florestal pela Universidade Federal de Santa Maria (1992), mestrado em Ciência e Tecnologia de Madeiras (1997 - Departamento de Ciências Florestais/ESALQ/USP), doutorado em Genética e Melhoramento de Plantas (2001 - Departamento de Genética/ESALQ/USP) e pós-doutorado em Genética Florestal (2007) pelo Institut für Forestgenetik und Forstpflanzenzüchtung, Grosshansdorf, Alemanha. É pesquisador científico do Instituto Florestal de São Paulo, professor de genética de populações nos cursos de pós-graduação da UNESP/Ilha Solteira (Agronomia) e Jardim Botânico do Rio de Janeiro. Orienta nos cursos de pós-graduação da UNESP/Ilha Solteira (Agronomia), Jardim Botânico do Rio de Janeiro (JBRJ) e Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), e é revisor de diversas revistas científicas nacionais e internacionais. Tem experiência na área de Recursos Florestais e Engenharia Florestal, com ênfase em Genética Florestal, atuando principalmente nos seguintes temas: genética de populações, genética quantitativa, melhoramento florestal e conservação genética. Atualmente, seus principais interesses científicos são investigar como se processa a dispersão contemporânea de pólen e sementes, utilizando marcadores genéticos e análise de parentesco; como é a reprodução e a distribuição espacial de genótipos em espécies arbóreas localizadas em fragmentos florestais e florestas contínuas; quais são os impactos do corte seletivo de árvores sobre processos como sistema de cruzamento, fluxo contemporâneo de pólen e sementes e sobre a diversidade genética e demografia de espécies arbóreas da Amazônia brasileira; determinar métodos de exploração florestal que garantam a sustentabilidade genética e na produtividade de madeira de espécies arbóreas da Amazônia; Aplicação de DNA-fingerprint para identificar espécies, pais de origem e concessão florestal de madeira comercializada; determinar tamanhos amostrais para a coleta de sementes com fim de conservação genética ex situ e recuperação ambiental; o melhoramento genético de espécies exóticas e nativas para o estado de São Paulo, bem como para diversas outras regiões brasileiras. (Fonte: Currículo Lattes)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o(a) pesquisador(a)
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)
Auxílios à pesquisa
Bolsas no país
Apoio FAPESP em números * Quantidades atualizadas em 18/05/2024
Colaboradores mais frequentes em auxílios e bolsas FAPESP
Contate o Pesquisador

Serviço temporariamente indisponível

Palavras-chave utilizadas pelo pesquisador
Por favor, reporte erros na informação da página do pesquisador utilizando este formulário.
X

Reporte um problema na página


Detalhes do problema: