Busca avançada
Ano de início
Entree

Elnara Marcia Negri

CV Lattes Google Scholar Citations


Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Medicina (FM)  (Instituição-sede da última proposta de pesquisa)
País de origem: Brasil

Graduação em Medicina pela Universidade de São Paulo (1990) e doutorado pela Universidade de São Paulo (1998). Livre Docencia pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (2008). Atualmente é medica pesquisadora dos laboratórios de Investigação Médica da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo e pneumologista do Nucleo Avançado de Torax do Hospital Sirio Libanês. Tem 30anos de experiência clínica atuando principalmente nas seguintes especialidades: medicina intensiva, broncoscopia e pneumologia. Linhas de pesquisa: remodelamento pulmonar na insuficiência respiratória e mecanismos de defesa pulmonar, DPOC e Cancer de pulmão. (Fonte: Currículo Lattes)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o(a) pesquisador(a)
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)
Apoio FAPESP em números * Quantidades atualizadas em 28/05/2022
Colaboradores mais frequentes em auxílios e bolsas FAPESP
Contate o Pesquisador

Este canal da BV/FAPESP deve ser utilizado tão somente para mensagens, referentes aos projetos científicos financiados pela FAPESP.


 

 

 

 

Palavras-chave utilizadas pelo pesquisador
Videos relacionados aos auxílios à pesquisa e bolsas

Os efeitos da Covid-19 no corpo


Publicado em 8 de junho de 2020 - Pesquisa FAPESP. Quando entra no organismo humano, o vírus Sars-CoV-2 causa estragos profundos nos pulmões e em outros órgãos. A patologista Marisa Dolhnikoff e a pneumologista Elnara Negri, ambas da Universidade de São Paulo (USP), contam o que se tem aprendido com a doença enquanto a pandemia avança, como a autopsia pouco invasiva ajuda nessa investigação e como isso permite delinear estratégias de tratamento.

COVID-19 deve ser tratada como uma doença trombótica


Estreia em 26 de junho de 2020 - Agência FAPESP. Em entrevista à Agência FAPESP a pneumologista Elnara Negri, que atua no Hospital das Clínicas da FM-USP e também no Hospital Sírio-Libanês, defende o uso do anticoagulante heparina para tratar as complicações causadas pela COVID-19. A hipótese de que distúrbios de coagulação sanguínea estariam na base dos sintomas mais graves da COVID-19 – entre eles insuficiência respiratória e fibrose pulmonar – foi aventada por pesquisadores da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FM-USP) em meados de abril.

Por favor, reporte erros na informação da página do pesquisador escrevendo para: cdi@fapesp.br.
X

Reporte um problema na página


Detalhes do problema: