Busca avançada
Ano de início
Entree

Fábio Rigatto de Souza Andrade

CV Lattes GoogleMyCitations ORCID


Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH)  (Instituição-sede da última proposta de pesquisa)
País de origem: Brasil

Bacharel em Ciências Sociais pela Universidade de São Paulo (1987), mestre em Letras (Teoria Literária e Literatura Comparada) pela Universidade de São Paulo (1992) e doutor em Letras (Teoria Literária e Literatura Comparada) pela Universidade de São Paulo (1999). Autor de "O engenheiro noturno: a lírica final de Jorge de Lima" (Edusp, 1997) e "Samuel Beckett: o silêncio possível" (Ateliê, 2001), entre outros. De Samuel Beckett, traduziu e introduziu "Fim de Partida" (Cosac Naify, 2002) e "Esperando Godot" (Cosac Naify, 2005) e "Dias felizes" (Cosac Naify, 2010) e "Murphy" (Cosac Naif, 2013). Crítico literário, publica regularmente na imprensa paulistana ("O Estado de São Paulo", "Jornal da Tarde", "Entrelivros", "Cult"). Assinou uma coluna quinzenal na "Folha de S.Paulo" entre 2005 e 2009. Foi professor na Universidade Estadual Paulista (Campus de Assis, 1990-1997) e na Unicamp (1997-2001). Desde 2001, é professor assistente doutor no Departamento de Teoria Literária e Literatura Comparada da Universidade de São Paulo, orientando trabalhos e pesquisando temas relacionados ao modernismo brasileiro e europeu.Foi professor visitante nas Universidade de Paris 8 e na Freie Universitåt Berlin e lidera o Grupo de Pesquisa Estudos sobre Samuel Beckett (USP/CNPq). (Fonte: Currículo Lattes)

Auxílios à pesquisa
Bolsas no país
Bolsas no Exterior
Apoio FAPESP em números * Quantidades atualizadas em 22/02/2020
Colaboradores mais frequentes em auxílios e bolsas FAPESP
Contate o Pesquisador

Este canal da BV/FAPESP deve ser utilizado tão somente para mensagens, referentes aos projetos científicos financiados pela FAPESP.


 

 

 

 

Palavras-chave utilizadas pelo pesquisador
Publicações acadêmicas

(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)

MONTEIRO, Daniel Lago. William Hazlitt, um ensaísta ao rés-do-chão: ensaio e crítica. 2016. Tese (Doutorado) – Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas. Universidade de São Paulo (USP). São Paulo.

GONÇALVES, Lívia Bueloni. Um narrador no limite: o caminho da primeira pessoa beckettiana das nouvelles aos textes pour rien. 2009. Dissertação (Mestrado) - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas. Universidade de São Paulo (USP). São Paulo.

GONÇALVES, Lívia Bueloni. Em busca de Companhia: o universo da prosa final de Samuel Beckett. 2014. Tese (Doutorado) – Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas. Universidade de São Paulo (USP). São Paulo.

OLIVEIRA, Nathália Grossio de. A experiência trágica do \"eu\" n\'O inominável, de Samuel Beckett: da relação entre morte, não-saber e a necessidade de continuar. 2015. Dissertação (Mestrado) - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas. Universidade de São Paulo (USP). São Paulo.

NESTROVSKI, Sofia Scarinci. O único lugar, afinal, onde podemos encontrar a felicidade: o mundo e William Wordsworth. 2018. Dissertação (Mestrado) - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas. Universidade de São Paulo (USP). São Paulo.

BRAGATTO, Susana. Jornalismo literário como literatura: o \'Novo Jornalismo\' de Armies of the Night, de Norman Mailer. 2007. Dissertação (Mestrado) - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas. Universidade de São Paulo (USP). São Paulo.

ANDRADE, Ana Maria Bernardes de. A velhacaria nos paratextos de Tutameia. 2004. Dissertação (Mestrado) - Instituto de Estudos da Linguagem. Universidade Estadual de Campinas.

Por favor, reporte erros na informação da página do pesquisador escrevendo para: cdi@fapesp.br.
X

Reporte um problema na página


Detalhes do problema: