Busca avançada
Ano de início
Entree

Amauri Pereira de Oliveira

CV Lattes


Universidade de São Paulo (USP). Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas (IAG)  (Instituição-sede da última proposta de pesquisa)
País de origem: Brasil

Graduação e mestrado em meteorologia pela Universidade de São Paulo. PhD em meteorologia pela Universidade Estadual de Nova York em Albany. Atualmente é professor associado da Universidade de São Paulo. Areas de interesse: Micrometeorologia, Camada limite planetária, dispersão de poluentes, interação ar-mar e Meteorologia Urbana. Iniciei a minha carreira científica, ainda na Graduação em Meteorologia, investigando as características da brisa marítima na Cidade de São Paulo, como bolsista de Iniciação Científica do CNPq. No período da graduação participei do experimento RADASP, auxiliando no lançamento de radiossondagem em Bauru e efetuando medidas de balão piloto em Itápolis. Durante o mestrado no IAG, desenvolvi um modelo numérico de Camada de Mistura para caracterizar a evolução diurna da Camada Limite Planetária usando dados dos experimentos meteorológicos do Projeto RADASP. Este modelo numérico de Camada de Mistura foi utilizado também para simular a evolução diurna do monóxido de carbono em uma região urbana da Cidade de São Paulo. Em maio de 1985 fui contratado como Auxiliar de Ensino no Departamento de Meteorologia do IAG. Neste período participei do projeto CIRCU, realizando observações com balão cativo e piloto em Cubatão. No doutorado, realizado na ?State University of New York?, EUA, investiguei a evolução da Camada Limite Planetária sobre a floresta Amazônica utilizando um modelo de fechamento de segunda ordem e os dados dos experimentos GTE/ABLE. Foi possível, através deste trabalho, caracterizar o impacto dos rios Negro e Amazonas sobre a estrutura dinâmica da CLP, identificar a presença da brisa fluvial e dos jatos de baixos níveis na região de Manaus. Durante o período do doutorado participei dos experimentos de campo do programa GTE - ABLE na Amazônia, em 1987, e no Alaska em 1988. As participações nestes experimentos me permitiram entrar em contato com técnicas de medição de parâmetros micrometeorológicos e com sistemas de aquisição automática de dados. Mais tarde este conhecimento foi utilizado nos experimentos em Iperó, Candiota, Maringá, Arquipélago São Pedro e São Paulo, Antártica e no desenvolvimento das bases experimentais de radiação solar de Botucatu e das quatro plataformas micrometeorológicas de São Paulo e Rio de Janeiro do Projeto MCITY BRAZlL (Fonte: Currículo Lattes)

Auxílios à pesquisa
Bolsas no país
Apoio FAPESP em números * Quantidades atualizadas em 17/08/2019
Colaboradores mais frequentes em auxílios e bolsas FAPESP
Contate o Pesquisador

Este canal da BV/FAPESP deve ser utilizado tão somente para mensagens, referentes aos projetos científicos financiados pela FAPESP.


 

 

 

 

Palavras-chave utilizadas pelo pesquisador
Publicações resultantes de Auxílios e Bolsas sob responsabilidade do(a) pesquisador(a) (1)

(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)

MARQUES FILHO, EDSON P.; OLIVEIRA, AMAURI P.; VITA, WILLIAN A.; MESQUITA, FRANCISCO L. L.; CODATO, GEORGIA; ESCOBEDO, JOAO F.; CASSOL, MARIANA; FRANCA, JOSE RICARDO A.. Global, diffuse and direct solar radiation at the surface in the city of Rio de Janeiro: Observational characterization and empirical modeling. RENEWABLE ENERGY, v. 91, p. 64-74, . Citações Web of Science: 21. (11/50178-5)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.
Por favor, reporte erros na informação da página do pesquisador escrevendo para: cdi@fapesp.br.
X

Reporte um problema na página


Detalhes do problema: