Busca avançada
Ano de início
Entree

Geilson Loureiro

CV Lattes


Ministério da Defesa (Brasil). Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA). Divisão de Engenharia Aeronáutica (IEA)  (Instituição-sede da última proposta de pesquisa)
País de origem: Brasil

Geilson Loureiro é um tecnologista sênior AIII do LIT (Laboratório de Integração e Testes, www.lit.inpe.br) do INPE (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, www.inpe.br) desde janeiro de 1988. Atualmente é Chefe do Laboratório de Integração e Testes (LIT) desde Fevereiro 2013. Geilson foi eleito membro interno do Conselho Técnico e Científico (CTC) do INPE, em 2009, e reeleito em 2011, para mandatos de dois anos. Geilson representa a carreira de desenvolvimento tecnológico. Ele é líder de projeto na ISO (International Organization Standardization) Engenharia de Sistemas Espaciais, tendo trabalhado na TRL (Tecnologia Readiness Nível). Vem trabalhando em diversos processos de ciclo de vida de produtos complexos, notadamente, satélites: manufatura eletrônica, montagem, integração, testes de termo-vácuo e de interferência e compatibilidade eletromagnética. Em 2001, ganhou o prêmio de funcionário destaque do LIT. Ele também é professor colaborador do ITA (www.ita.br) desde o ano 2000, ensinando Engenharia de Sistemas. Ele é um dos co-fundadores do programa de pós-graduação em Engenharia e Gestão de Sistemas Espaciais do INPE, iniciado no ano de 2007. Desde 2006, ele ensina Engenharia de Sistemas, Engenharia da Qualidade, e Montagem, Integração & Testes no INPE e a partir de 2008, dentro daquele programa. Ele tem muitas orientações de doutorado, mestrado e mestrados profissionais concluídas com uma produtividade média de 1 doutorado e 5 mestrados a cada 3 anos. Temas incluem desenvolvimento enxuto, postponement, times multidisciplinares, planejamento estratégico, engenharia de stakeholders, engenharia de requisitos, arquitetura de sistemas, transferência de tecnologia, escalabilidade, aquisição, projeto para integração, projeto para o meio ambiente, sustentabilidade, arquitetura organizacional. Em 2007, Geilson conduziu a organização do CE2007 (http://ce2007.lit.inpe.br) 14a Conferência Internacional do ISPE sobre Engenharia Simultânea com o tema ?Desenvolvimento de produtos complexos: inovação, colaboração e sustentabilidade?. De março de 2004 a setembro de 2005, Geilson participou do projeto NASA CER (para o desenvolvimento de arquiteturas de sistema de sistemas de exploração espacial) no MIT (Instituto de Tecnologia de Massachusetts). Desde então, Geilson vem ajudando até 3 alunos do ITA por ano a se tornarem estudantes visitantes do MIT e a melhorarem suas perspectivas de carreira. Geilson obteve seu PhD no Departamento de Manufatura da Universidade de Loughborough, na Inglaterra, em 1999. Ele trabalhou em colaboração com a Ford da Inglaterra. Geilson desenvolveu um método para desenvolver simultaneamente arquiteturas de produto, de seus processos de ciclo de vida e das organizações que desempenham esses processos através de abordagens de modelagem de sistemas.. Ele tem fornecido cursos in-company e consultoria a instituições dos setores aeronáutico, aeroespacial, automotivo e de energia, no Brasil. Ele é membro do INCOSE (www.incose.org, o Conselho Internacional de Engenharia de Sistemas) desde 1996, o primeiro brasileiro membro do INCOSE. Geilson obteve seu grau de mestre pelo ITA em 1994, trabalhando com QFD (desdobramento da função qualidade) e engenharia simultânea. Em 1991, ele foi certificado como Engenheiro da Qualidade pela Sociedade Americana para a Qualidade (ASQ). Em 1990, ele obteve a especialização em Gestão da Produção e Operações Industriais pela FGV (Fundação Getúlio Vargas), de São Paulo. Em 1987, ele se graduou no ITA em Engenharia de Eletrônica obtendo a única distinção na Divisão Fundamental (2 primeiros anos de curso) daquela turma (de cerca de 100 alunos). ITA é uma das melhores escolas de engenharia do Brasil. Sua taxa de seleção está em torno de 1 vaga para 50 candidatos. Em 1982, Geilson foi primeiro lugar geral do vestibular unificado da Universidade Federal do Espírito Santo (seu estado natal), dentre um total de 12000 candidatos. Ele tinha somente 16 anos. (Fonte: Currículo Lattes)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o(a) pesquisador(a)
Cientistas paulistas se unem a consórcio internacional para lançamento de pequenos satélites 
Auxílios à pesquisa
Bolsas no país
Bolsas no Exterior
Apoio FAPESP em números * Quantidades atualizadas em 12/10/2019
Colaboradores mais frequentes em auxílios e bolsas FAPESP
Contate o Pesquisador

Este canal da BV/FAPESP deve ser utilizado tão somente para mensagens, referentes aos projetos científicos financiados pela FAPESP.


 

 

 

 

Palavras-chave utilizadas pelo pesquisador
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.
Por favor, reporte erros na informação da página do pesquisador escrevendo para: cdi@fapesp.br.
X

Reporte um problema na página


Detalhes do problema: