Busca avançada
Ano de início
Entree


E da carne se fez verbo: um estudo sobre a obra Lavoura Arcaica de Raduan Nassar (1975), a partir do filme de Luiz Fernando Carvalho (2001)

Texto completo
Autor(es):
Fabiana Abi Rached de Almeida
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Tese de Doutorado
Imprenta: Araraquara. 2015-03-03.
Instituição: Universidade Estadual Paulista (Unesp). Faculdade de Ciências e Letras. Araraquara
Data de defesa:
Orientador: Maria de Lourdes Ortiz Gandini Baldan
Resumo

O presente trabalho desenvolve uma leitura do romance brasileiro Lavoura Arcaica de Raduan Nassar (1975), a partir do filme LavourArcaica de Luiz Fernando Carvalho (2001). A análise do filme é feita por meio da noção do corpo como lócus conceitual e da noção de projeção – identificação (MORIN, 1997). Acreditamos que Luiz Fernando Carvalho fez uma leitura tímica da literatura, colocando o filme num nível fundamental de leitura. Ainda para o estudo do romance, a metodologia utilizada é a semiótica de linha francesa (semiótica das paixões) e a psicanálise, principalmente, de base freudiana e lacaniana, estruturadas no trabalho de Waldir Beividas. Dentro do trabalho de Beividas, levamos em consideração o conceito de isotopia do desejo. Acreditamos que desejo fundamenta a literatura de Nassar, mas o desejo, aqui, não se refere apenas ao incesto entre os irmãos; é algo que permeia a linguagem e revela outras paixões (AU)