Busca avançada
Ano de início
Entree


Trajetórias negligenciadas: processos de resiliência em adolescentes com histórico de envolvimneto no tráfico de drogas

Texto completo
Autor(es):
Alex Sandro Gomes Pessoa
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Tese de Doutorado
Imprenta: Presidente Prudente. 2016-03-07.
Instituição: Universidade Estadual Paulista (Unesp). Faculdade de Ciências e Tecnologia. Presidente Prudente
Data de defesa:
Orientador: Renata Maria Coimbra
Resumo

Essa pesquisa foi realizada junto ao Programa de Pós Graduação em Educação da Universidade Estadual Paulista (UNESP, campus de Presidente Prudente - SP) e esteve vinculada à linha de pesquisa intitulada Processos Formativos, diferença e valores. O objetivo central desse estudo foi analisar as trajetórias de vida de adolescentes com envolvimento no tráfico de drogas a partir do desvelamento de seus contextos de desenvolvimento, bem como compreender processos que estão associados à resiliência. Participaram desse estudo 565 adolescentes, entre 12-20 anos de idade, (M = 16,01; DP = 1,548), de ambos os sexos (56,3% do sexo masculino) e que recebiam atendimentos em quatro contextos institucionais que oferecem serviços diversificados. Por intermédio de alguns critérios de inclusão estabelecidos previamente, um grupo de adolescentes com envolvimento no tráfico de drogas foi formado e possibilitou que análises quantitativas e qualitativas fossem realizadas, em alinhamento com a abordagem mixedmethod studies. Desse modo, foram aplicados dois instrumentos quantitativos: 1) IRPPAR (Indicadores de Proteção na Adolescência Associados á Resiliência), com o objetivo de averiguar os contextos de proteção; 2) CYRM (Child and Youth Resilience Measure), que trouxe indicativos de processos de resiliência nas populações estudadas. Após a realização de procedimentos estatísticos, um grupo de adolescentes (n = 8) com alto nível de envolvimento no tráfico e com indicadores positivos de resiliência foi formado... (AU)