Busca avançada
Ano de início
Entree
(Referência obtida automaticamente do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores.)

Utilização de medicamentos genéricos no município de São Paulo em 2003: estudo de base populacional

Texto completo
Autor(es):
Camila Nascimento Monteiro ; Reinaldo José Gianini ; Neuber José Segri ; Moisés Goldbaum ; Marilisa Berti de Azevedo Barros ; Chester Luiz Galvão Cesar
Número total de Autores: 6
Tipo de documento: Artigo Científico
Fonte: Epidemiol. Serv. Saúde; v. 25, n. 2, p. 251-258, Jun. 2016.
Resumo

Resumo OBJETIVO: analisar a utilização e a percepção sobre medicamentos genéricos pela população com diabetes e hipertensão na cidade de São Paulo, considerando-se a Política de Medicamentos Genéricos no Brasil. MÉTODOS: estudo transversal com dados do Inquérito de Saúde do Município de São Paulo (ISA-Capital), coletados em 2003; foi analisado o conhecimento sobre medicamentos genéricos e a associação entre utilização desses medicamentos e características sociodemográficas e socioeconômicas. RESULTADOS: foram incluídos 603 participantes; entre hipertensos e diabéticos, foi encontrada baixa utilização de medicamento genérico (33,3% e 26,3%, respectivamente) e a principal vantagem atribuída ao medicamento genérico foi o baixo custo (71,0% e 71,1%, respectivamente); não houve diferença estatisticamente significativa entre uso de medicamento genérico e idade, sexo ou escolaridade. CONCLUSÃO: o baixo custo e não haver diferença entre uso do genérico e escolaridade reforçam a importância do medicamento genérico para a promoção da equidade e do acesso universal a medicamentos. (AU)

Processo FAPESP: 12/14153-0 - Utilização de serviços de saúde por portadores de hipertensão arterial e diabetes mellitus no Município de São Paulo - 2003/2008: inquéritos de base populacional
Beneficiário:Camila Nascimento Monteiro
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Doutorado