Busca avançada
Ano de início
Entree
(Referência obtida automaticamente do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores.)

Antioxidant and antimicrobial properties of ethanolic extracts of guarana, boldo, rosemary and cinnamon

Título (Português): Propriedades antioxidante e antimicrobiana de extratos etanólicos de guaraná, boldo, alecrim e canela
Texto completo
Autor(es):
Jeannine Bonilla ; Paulo Jose do Amaral Sobral
Número total de Autores: 2
Tipo de documento: Artigo Científico
Fonte: Brazilian Journal of Food Technology; v. 20, p. -, 2017.
Resumo

Abstract In this investigation, the ethanolic extracts of two less known plants, little reported in the literature (guarana and boldo leaves) were studied in comparison with the ethanolic extracts of two well studied plants (cinnamon and rosemary), regarding their colour, GC-MS profile, phenolic content and their antioxidant and antimicrobial properties. The rosemary (59.20 ± 0.28) and guarana (56.63 ± 0.54) extracts showed the highest values for luminosity (L*) and the UV-Vis absorption increased when L* decreased. GC-MS identified a limited number of compounds in the cinnamon and guarana extracts. The cinnamon extract showed the highest value for the total phenolic content (172 mg GA/g extract) as compared to the other extracts. The highest antioxidant capacity was observed for the boldo leaves extract in the TEAC (6.66 ± 0.17 mM) assay and for the rosemary extract in the DPPH (0.80 ± 0.14 mg/L) test. In addition, all the extracts showed antimicrobial activity against the S. aureus strain, indicating that all the extracts studied could be used by food industries to develop new active food packaging materials. (AU)

Resumo

Resumo Nesta investigação, foram estudados dois extratos etanólicos de plantas pouco conhecidas na literatura (guaraná e boldo-do-chile), em comparação com os extratos etanólicos de duas plantas bastante estudadas (canela e alecrim), quanto aos parâmetros de cor, perfil GC-MS, teor fenólico e propriedades antioxidantes e antimicrobianas. Os extratos de alecrim (59,20 ± 0,28) e guaraná (56,63 ± 0,54) mostraram os maiores valores de luminosidade (L*). A absorção de radiação ultravioleta visível (UV-Vis) aumentou de intensidade quando o valor L* diminuiu. Na análise do perfil GC-MS, identificou-se um número limitado de compostos nos extratos de canela e guaraná. O extrato de canela apresentou o maior conteúdo de compostos fenólicos totais (172 mg GA/g extrato), em comparação com outros extratos. A maior capacidade antioxidante foi observada para o extrato de boldo-do-chile, no ensaio TEAC (6,66 ± 0,17 mM), e para o extrato de alecrim, no teste de DPPH (0,80 ± 0,14 mg/L). Adicionalmente, todos os extratos mostraram atividade antimicrobiana contra a cepa S. aureus, indicando que todos os extratos estudados podem ser utilizados pelas indústrias de alimentos para desenvolver novos materiais ativos de embalagem de alimentos. (AU)

Processo FAPESP: 14/03288-8 - Desenvolvimento e aplicação de filmes comestíveis ativos com propriedades antioxidantes e/ou antimicrobianas para uso em alimentos
Beneficiário:María Jeannine Bonilla Lagos
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado