Busca avançada
Ano de início
Entree
(Referência obtida automaticamente do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores.)

Development of microsatellite loci for Cryptocarya mandioccana Meisner (Lauraceae) and their genotyping success in different tissues

Título (Português): Desenvolvimento de locos de microssatélites para Cryptocarya mandioccana Meisner (Lauraceae) e o sucesso de genotipagem em diferentes tecidos
Texto completo
Tipo de documento: Artigo Científico
Fonte: Hoehnea; v. 44, n. 4, p. -, Dez. 2017.
Resumo

ABSTRACT Nine polymorphic microsatellite loci were isolated and characterized for Cryptocarya mandioccana Meisner, a tree from the Atlantic Rainforest with seeds dispersed by large animals. The loci were characterized using 48 individuals from two populations and their genotyping success tested in four tissues: leaves from adults and seedlings, and two diaspore maternal tissues. Maternity analyses were also performed on diaspores and leaves from nine adult trees. The number of alleles per locus ranged from nine to 15 and the observed and expected heterozygosities ranged from 0.214 to 0.864 and 0.745 to 0.892, respectively. The loci genotyping success did not significantly differ between tissues and varied from 56 to 96%. The microsatellites showed enough polymorphism to assign the nine adult trees to their diaspores. The successful genotyping in all tissues and identification of mother trees show that the microsatellites are suitable for studies such as spatial genetic structure and maternity analyses. (AU)

Resumo (Português)

RESUMO Nove locos de microssatélites polimórficos foram isolados e caracterizados para Cryptocarya mandioccana Meisner, uma árvore da Mata Atlântica cujas sementes são dispersas por grandes animais. Os locos foram caracterizados usando 48 indivíduos de duas populações e o sucesso de genotipagem testado em quatro tecidos: folhas de adultos e plântulas, e dois tecidos maternos de diásporos. Análises de maternidade foram também realizadas em diásporos e folhas de nove árvores adultas. O número de alelos por loco variou de nove a 15 e as heterozigosidades observada e esperada de 0,214 a 0,864 e 0,745 a 0,892, respectivamente. O sucesso de genotipagem dos locos não diferiu entre os tecidos e variou de 56 a 96%. Os microssatélites mostraram polimorfismo suficiente para atribuir as nove árvores aos seus diásporos. O sucesso de genotipagem em todos os tecidos e a identificação das árvores mães mostraram que os microssatélites são adequados para estudos como estrutura genética espacial e análise de maternidade. (AU)

Processo FAPESP: 14/20621-2 - Efeitos da defaunação na estrutura genética espacial de uma espécie de árvore da Floresta Atlântica
Beneficiário:Thabata Rodrigues de Carvalho
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Processo FAPESP: 09/52725-3 - Especiação, isolamento reprodutivo e genética de populações na família Bromeliaceae: implicações taxonômicas, evolutivas e conservacionistas
Beneficiário:Clarisse Palma da Silva
Linha de fomento: Auxílio à Pesquisa - Programa BIOTA - Apoio a Jovens Pesquisadores
Processo FAPESP: 14/20622-9 - Avaliação da distância de dispersão de sementes de uma espécie de planta da Mata Atlântica: uma comparação entre primatas e aves
Beneficiário:Giuliana Garcia
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Processo FAPESP: 14/01029-5 - Efeitos ecológicos e genéticos da variação do tamanho das sementes em paisagem defaunada
Beneficiário:Carolina da Silva Carvalho
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Doutorado
Processo FAPESP: 10/16075-1 - Efeitos em cascata da defaunação no processo de dispersão de sementes: interações primatas - plantas na Mata Atlântica
Beneficiário:Laurence Marianne Vincianne Culot
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Processo FAPESP: 14/14739-0 - O efeito da fragmentação sobre as funções ecológicas dos primatas
Beneficiário:Laurence Marianne Vincianne Culot
Linha de fomento: Auxílio à Pesquisa - Apoio a Jovens Pesquisadores