Busca avançada
Ano de início
Entree
(Referência obtida automaticamente do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores.)

Dosagem de metabólitos de glucocorticoides e progesterona em fezes de papagaio-verdadeiro (Amazona aestiva)

Texto completo
Autor(es):
Caroline Junko Fujihara ; Wolff Camargo Marques Filho ; Ana Livia Rocha Monteiro ; Rodrigo Freitas Bittencourt ; Carla Martins Queiroz ; Ricardo José Garcia Pereira ; João Carlos Pinheiro Ferreira
Número total de Autores: 7
Tipo de documento: Artigo Científico
Fonte: Ciênc. anim. bras.; v. 15, n. 3, p. -, Set. 2014.
Resumo

Os objetivos do presente trabalho foram avaliar as concentrações fecais de metabólitos de glicocorticoides, mensurados por enzimaimunoensaio, empregando-se anticorpos contra cortisol, e por radioimunoensaio, empregando-se anticorpo contra corticosterona, e dos metabólitos da progesterona, mensurados por raioimunoensaio empregando-se anticorpo contra progesterona, em papagaios-verdadeiros (Amazona aestiva) após desafio com ACTH. A estimulação da adrenal com 25 UI/animal de ACTH resultou na elevação das concentrações de metabólitos de glicocorticoides, mas não modificou a dos metabólitos da progesterona fecal em papagaio-verdadeiro. Embora não tenha sido observada a sincronização dos picos de excreção fecal dos metabólitos de glicocorticoides mensurados por enzimaimunoensaio e radioimunoensaio, houve dois picos de excreção, um entre 2 e 4 horas e outro entre 8 e 10 horas. Apesar dos picos, não foram detectados efeitos de Grupos (Tratamento x Controle), momento (horas de coleta) ou sexo (macho x fêmea) nos resultados observados nas concentrações fecais de metabólitos de glicocorticoides e de progesterona, com os métodos empregados. (AU)