Busca avançada
Ano de início
Entree
(Referência obtida automaticamente do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores.)

Digital monitoring of mycelium growth kinetics and vigor of shiitake (Lentinula edodes (Berk.) Pegler) on agar medium

Título (Português): Monitoramento digital do crescimento e vigor do shiitake (Lentinula edodes (Berk.) Pegler) em meio de cultura
Texto completo
Autor(es):
Renato Mamede de Castro Montini ; José Raimundo de Souza Passos ; Augusto Ferreira da Eira
Número total de Autores: 3
Tipo de documento: Artigo Científico
Fonte: Brazilian Journal of Microbiology; v. 37, n. 1, p. -, Mar. 2006.
Resumo

The mycelium growth kinetics and vigor of shiitake (Lentinula edodes (Berk.) Pegler) strains LE 96/17, LE 98/51, LE 98/53, and LE 98/56 were studied under different agar medium compositions. The strains were from the mycological collection of the Módulo de Cogumelos, Faculdade de Ciências Agronômicas, Unesp-Botucatu, Brazil. Mycelium fragments from stock cultures were transferred to Petri dishes with Sawdust extract-Dextrose-Agar medium. The area of growth and vigor (density) of the mycelia were daily recorded with a digital camera, during incubation, until the complete colonization of the Petri dish. The images were analyzed by the freeware UTHSCSA ImageTool, v. 2.0, developed by the University of Texas Health Science Center, San Antonio. The kinetics of mycelium growth, as measured by the mycelium area (mm²), has as a deterministic component an exponential function of Gompertz. The vigor, as evaluated by mycelium color in gray scale, was similar for all strains, reached a maximal value between the 4th and 5th day of incubation and decreased further on. The velocity of growth of L. edodes strains was lower in enriched culture media, while vigor was higher. Digital monitoring permits a objective evaluation of the growth kinetics of L. edodes in vitro. (AU)

Resumo

Avaliou-se o crescimento e vigor das linhagens LE 96/17, LE 98/51, LE 98/53 e LE 98/56 de Lentinula edodes (Berk) Pegler em diferentes composições de meio de cultura. As linhagens foram provenientes da Micoteca do Módulo de Cogumelos da Faculdade de Ciências Agronômicas, Unesp, Campus de Botucatu. Os isolados foram obtidos por propagação vegetativa, pela transferência asséptica do micélio para o meio de cultura de extrato de serragem-dextrose-ágar. O crescimento e vigor do micélio foi fotografado diariamente com uma câmera digital, durante a incubação, até a colonização total da placa de Petri. As imagens foram analisadas pelo programa UTHSCSA ImageTool (freeware), versão 2.0, desenvolvido pela University of Texas Health Science Center, San Antonio, Texas. O modelo estatístico que melhor explicou a cinética de crescimento miceliano em área (mm²), das linhagens de cogumelos L. edodes, tem como componente determinístico a exponencial de uma função Gompertz. O vigor, avaliado através da cor do micélio (em escala de tons do cinza), revelou um comportamento similar entre as linhagens, com valor máximo entre o 4º e 5º dia e, em seguida apresentou declínio. Em meios de cultura mais enriquecidos, a velocidade de crescimento das linhagens de L. edodes foi menor e o vigor maior. O monitoramento digital permite uma avaliação objetiva do crescimento e vigor do L. edodes in vitro. (AU)

Processo FAPESP: 98/07726-5 - Cogumelos comestíveis e medicinais: tecnologia de cultivo, caracterização bioquímica e efeitos protetores dos cogumelos Agaricus blazei Murril (cogumelo-do-sol) e Lentinula edodes (Berk.) Pegler
Beneficiário:Augusto Ferreira da Eira
Linha de fomento: Auxílio à Pesquisa - Temático