Busca avançada
Ano de início
Entree
(Referência obtida automaticamente do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores.)

Validação de métodos de estimativa da gordura corporal em portadores do HIV/Aids

Texto completo
Autor(es):
Alex Antonio Florindo ; Maria do Rosario Dias de Oliveira Latorre ; Elisabete Cristina Morandi dos Santos ; Aurélio Borelli ; Manoel de Souza Rocha ; Aluisio Augusto Cotrim Segurado
Número total de Autores: 6
Tipo de documento: Artigo Científico
Fonte: Revista de Saúde Pública; v. 38, n. 5, p. -, Out. 2004.
Resumo

OBJETIVO: Validar métodos de estimativas da gordura corporal (somatória de espessura de dobras cutâneas, circunferência da cintura (CC) e razão cintura-quadril (RCQ)) em portadores do HIV/Aids, tendo como padrão ouro a absortometria por dupla emissão de raios-X (Dexa) e a tomografia computadorizada de abdômen (TCA). MÉTODOS: Foram estudados 15 portadores do HIV/Aids tratados em uma unidade de saúde coligada a um hospital público universitário, São Paulo. Foram medidas a gordura subcutânea total (GST) mediante a somatória da espessura de sete dobras (bíceps, tríceps, subescapular, axilar média, supra-ilíaca, abdominal e panturrilha medial), a gordura subcutânea central (GSC) (somatória da espessura de quatro dobras) e a gordura subcutânea de membros (GSM) (somatória da espessura de três dobras). A GST, GSC e GSM foram comparadas com as medidas de gordura obtidas pela Dexa. A CC, a RCQ e a GSC foram comparadas com as medidas de gordura obtidas pela TCA. Na análise estatística, utilizou-se o coeficiente de correlação de Pearson (r) e foi utilizado o teste de Mann-Whitney. RESULTADOS: A gordura medida pela Dexa foi correlacionada com GST, a GSC e GSM, mesmo após o ajuste pela idade (r>0,80 para todos). A gordura total de abdômen medida pela TCA foi correlacionada com a CC, RCQ e a GSC após o ajuste pela idade (r>0,80 para todos). CONCLUSÕES: Os métodos de estimativa da gordura corporal devem ser escolhidos de acordo com o tipo de gordura a ser avaliada e podem ser utilizados em pesquisas e nos serviços de saúde como alternativa à Dexa e TCA para portadores do HIV/Aids. (AU)

Processo FAPESP: 00/09482-8 - Atividade física habitual, aptidão física relacionada a saúde e lipodistrofia em indivíduos infectados pelo vírus da imunodeficiência humana
Beneficiário:Alex Antonio Florindo
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Doutorado