Busca avançada
Ano de início
Entree
(Referência obtida automaticamente do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores.)

O processo da autorregulação no desenvolvimento de crianças

Texto completo
Autor(es):
Maria Beatriz Martins Linhares ; Carolina Beatriz Savegnago Martins
Número total de Autores: 2
Tipo de documento: Artigo Científico
Fonte: Estudos de Psicologia (Campinas); v. 32, n. 2, p. -, Jun. 2015.
Resumo

A autorregulação é um processo básico relacionado aos desfechos adaptativos ao longo do desenvolvimento. O objetivo do presente artigo foi realizar uma revisão temática sobre o conceito de autorregulação e suas relações com o desenvolvimento da criança. Primeiramente, foram abordados os fundamentos teóricos sobre o processo de autorregularão no desenvolvimento, de acordo com o Modelo Transacional do Desenvolvimento de Arnold Sameroff. Em seguida, foi focalizada a caracterização deste processo de acordo com os seguintes componentes principais: a regulação cognitiva e os mecanismos neurocognitivos, a regulação emocional e a regulação comportamental. Além disso, foi tratada a relação entre os processos regulatórios e o temperamento. Finalmente, foi também analisada a relevância do papel dos correguladores na composição do processo autorregulatório no desenvolvimento da criança. (AU)

Processo FAPESP: 12/51633-0 - Avaliação de indicadores de temperamento e comportamento em crianças nascidas pré-termo na fase de 18 a 36 meses
Beneficiário:Maria Beatriz Martins Linhares
Linha de fomento: Auxílio à Pesquisa - Regular