Busca avançada
Ano de início
Entree
(Referência obtida automaticamente do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores.)

Hepatitis B status in hemodialysis patients

Título (Português): Situação da hepatite B em pacientes em hemodiálise
Texto completo
Autor(es):
Maia Nogueira Crown GUIMARÃES ; Tila FACINCANI ; Sigrid De Sousa dos SANTOS
Número total de Autores: 3
Tipo de documento: Artigo Científico
Fonte: Arq. Gastroenterol.; v. 54, n. 4, p. -, Dez. 2017.
Resumo

ABSTRACT BACKGROUND: Patients on chronic dialysis present a high prevalence of hepatitis B virus infection. Despite infection-control practices, surveillance of serological markers, and hepatitis B vaccination, there are still outbreaks of the disease in dialysis centers. OBJECTIVE: This study aims to assess the serologic and vaccination status for hepatitis B in hemodialysis patients. METHODS: This cross-sectional study assessed serologic markers and hepatitis B vaccination status of chronic kidney disease patients on regular dialysis program in São Carlos, SP, Brazil. Patients without information about hepatitis B status (anti-HBc, HBsAg and anti-HBs) were referred for testing. Individuals with uncertain or incomplete immunization status and without serological conversion (anti-HBs <10mIU/mL) were referred to vaccination, with adverse effects monitored. RESULTS: The study included 130 from a total of 181 dialysis patients. The majority were male (63.8%), mean age 53.9 years. All patients were already screened and negative for HBsAg, and 73.8% were vaccinated against hepatitis B (59.2% complete and 14.6% incomplete schedule), with a seroconversion rate of 75.3%. Only 11 (8.5%) patients had prior dosage of anti-HBc (negative). Among the 47 patients referred for anti-HBc testing, four were anti-HBc positive and one indeterminate. Of the total of patients referred to immunization, 34 have actually received HBV vaccine; among them five had mild adverse effects. CONCLUSION: Despite the benefit of dosing of anti-HBc and anti-HBs before admission to dialysis, economic constraints have reduced the screening to only HBsAg. Since occult HBV infection has already been demonstrated in hemodialysis patients, the measure of anti-HBc should be encouraged. (AU)

Resumo

RESUMO CONTEXTO: Pacientes cronicamente em diálise apresentam alta prevalência de infecção por vírus da hepatite B. Apesar de práticas de controle de infecção, vigilância de marcadores sorológicos e vacinação contra a hepatite B, ainda há surtos da doença em centros de diálise. OBJETIVO: Este estudo tem como objetivo avaliar o estado sorológico e a vacinação contra hepatite B em pacientes em hemodiálise. MÉTODOS: Estudo transversal avaliando marcadores sorológicos e vacinação contra a hepatite B em pacientes com doença renal crônica em programa regular de hemodiálise em São Carlos, SP, Brasil. Pacientes sem marcadores sorológicos para hepatite B disponíveis (anti-HBc, HBsAg e anti-HBs) foram encaminhados para testagem. Em caso de situação vacinal desconhecida, incompleta ou sem resposta vacinal (anti-HBs <10mIU/mL), os pacientes foram encaminhados para vacinação, sendo os efeitos adversos monitorados. RESULTADOS: O estudo incluiu 130 de um total de 181 pacientes em diálise. A maioria era do sexo masculino (63,8%), com idade média de 53,9 anos. Todos os pacientes já haviam sido rastreados e eram negativos para HBsAg, e 73,8% foram vacinados contra a hepatite B (59,2% esquema completo e 14,6% esquema incompleto), com uma taxa de soroconversão de 75,3%. Apenas 11 (8,5%) pacientes dispunham de dosagem prévia de anti-HBc (negativo). Entre os 47 pacientes encaminhados para testagem anti-HBc, quatro eram anti-HBc reagentes e um indeterminado. Do total de pacientes encaminhados à imunização, 34 receberam efetivamente a vacina contra o HBV; entre eles, cinco tiveram efeitos adversos leves. CONCLUSÃO: Apesar do benefício da dosagem de anti-HBc e anti-HBs antes da admissão à diálise, restrições econômicas reduziram o rastreio apenas à dosagem de HBsAg. Como a infecção oculta por HBV já foi demonstrada em pacientes em hemodiálise, a dosagem de anti-HBc deve ser incentivada. (AU)

Processo FAPESP: 13/16207-3 - Perfil vacinal de pacientes com insuficiência renal crônica dialítica em São Carlos - SP, foco na vacina contra Hepatite B
Beneficiário:Maia Nogueira Crown Guimarães
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Processo FAPESP: 13/16215-6 - Perfil vacinal de pacientes com insuficiência renal crônica dialítica em São Carlos - SP, foco na vacina contra febre amarela
Beneficiário:Tila Facincani
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Iniciação Científica