Busca avançada
Ano de início
Entree
(Referência obtida automaticamente do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores.)

Lead isotope constraints on the mantle sources involved in the genesis of Mesozoic high-Ti tholeiite dykes (Urubici type) from the São Francisco Craton (Southern Espinhaço, Brazil)

Título (Português): Aplicação dos isótopos de Pb ao estudo das fontes mantélicas envolvidas na gênese dos diques toleíticos mesozoicos com alto titânio (tipo Urubici) do Cráton do São Francisco (Espinhaço Meridional, Brasil)
Texto completo
Autor(es):
Leila Soares Marques ; Eduardo Reis Viana Rocha-Júnior ; Marly Babinski ; Karine Zuccolan Carvas ; Liliane Aparecida Petronilho ; Angelo De Min
Número total de Autores: 6
Tipo de documento: Artigo Científico
Fonte: BRAZILIAN JOURNAL OF GEOLOGY; v. 46, p. -, Jun. 2016.
Resumo

ABSTRACT: The first results of Pb isotope compositions of the high-Ti Mesozoic dykes of the Southern Espinhaço are presented. The results do not show large variations and are significantly more radiogenic than the Pb isotope compositions of the high-Ti tholeiites from the Paraná Continental Flood Basalts. The data combined with published geochemical and Sr-Nd isotope results rule out crustal contamination processes in the genesis of the dykes, requiring magma generation in metasomatized subcontinental lithospheric mantle with the involvement of HIMU-type and carbonatite components. The magmas may have been also derived from a mantle source containing ~4 - 5% of pyroxenite and ~1% of carbonatite melts, agreeing with published Os isotope compositions of high-Ti rocks from the Paraná Continental Flood Basalts. These metasomatizing agents could be responsible for mantle source refertilization, as was also proposed in the literature to explain the characteristics of xenoliths of the Goiás Alkaline Province, which also occurs in the border of the São Francisco Craton. Additionally, to evaluate the risks of Pb contamination during sample preparation for analysis, several experimental tests were accomplished, which indicate the need of sawed surface removal and a careful washing of small-sized rock fragments before powdering, especially for rocks with [Pb] < 7 µg/g. (AU)

Resumo

RESUMO: Este trabalho apresenta os primeiros resultados de composições isotópicas de Pb dos diques mesozoicos com alto titânio do Espinhaço Meridional. As composições isotópicas de Pb dos diques investigados não mostram grandes variações, sendo significativamente mais radiogênicas do que aquelas dos basaltos com alto titânio da Província Basáltica Continental do Paraná. Esses resultados foram integrados a análises geoquímicas e isotópicas de Sr-Nd realizadas nas mesmas amostras, com o objetivo de obter informações adicionais sobre a gênese desses diques. As composições isotópicas de Sr-Nd-Pb não são compatíveis com a ocorrência de processos de contaminação crustal e requerem que a geração desses magmas tenha ocorrido em manto litosférico subcontinental metassomatizado, com a participação de componentes carbonatíticos e manto do tipo HIMU. Esses magmas podem também ter sido originados em fonte mantélica contendo ~4 - 5% de componentes piroxeníticos e ~1% de carbonatíticos, concordando também com as composições isotópicas de Os dos basaltos com alto titânio da Província Basáltica Continental do Paraná. Esses agentes metassomatizantes foram os responsáveis pela refertilização da fonte mantélica, conforme proposto na literatura para explicar as características dos xenólitos que ocorrem na Província Alcalina de Goiás, localizada na borda do Cráton do São Francisco. Com o objetivo de avaliar os riscos de contaminação por Pb durante o processo de preparação de amostras para análise, foram também realizados vários testes experimentais que indicam a necessidade de remoção de superfícies serradas e de uma lavagem cuidadosa da rocha finamente britada antes da pulverização, especialmente para aquelas com [Pb] < 7 µg /g. (AU)

Processo FAPESP: 12/06082-6 - A província magmática Paraná-Etendeka no Brasil: relações temporais e petrológicas entre o magmatismo toleítico e alcalino e suas implicações geodinâmicas
Beneficiário:Excelso Ruberti
Linha de fomento: Auxílio à Pesquisa - Temático