Busca avançada
Ano de início
Entree
(Referência obtida automaticamente do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores.)

Alta prevalência de sedentarismo em adolescentes que vivem com HIV/Aids

Texto completo
Autor(es):
Luana Fiengo Tanaka ; Maria do Rosário Dias de Oliveira Latorre ; Aline Medeiros Silva ; Thais Claudia Roma de Oliveira Konstantyner ; Stela Verzinhasse Peres ; Heloisa Helena de Sousa Marques
Número total de Autores: 6
Tipo de documento: Artigo Científico
Fonte: Revista Paulista de Pediatria; v. 33, n. 3, p. -, Set. 2015.
Resumo

ResumoObjetivo:Verificar a prevalência de sedentarismo entre adolescentes com HIV/Aids e seus fatores associados.Métodos:Foram entrevistados 91 adolescentes de 10 a 19 anos, com HIV/Aids, em acompanhamento em uma unidade de infectologia universitária. Foram coletados dados antropométricos (peso, altura e circunferência da cintura) em duplicata, informações clínicas foram obtidas nos prontuários médicos e a prática de atividade física habitual foi medida por meio do questionário proposto por Florindo et al. O ponto de corte para sedentarismo foi de 300 minutos/semana.Resultados:As prevalências de altura inadequada para idade, desnutrição e sobrepeso/obesidade foram de 15,4%, 9,9% e 12,1%, respectivamente. As atividades físicas mais citadas foram: futebol (44,4%), voleibol (14,4%) e andar de bicicleta (7,8%). Os tempos medianos dispendidos com a prática de atividade física e caminhando/andando de bicicleta até a escola foram de 141 minutos e 39 minutos, respectivamente. A maioria dos adolescentes (71,4%) era sedentária, proporção maior entre as meninas (p=0,046).Conclusões:Foi observada alta prevalência de sedentarismo entre adolescentes com HIV/Aids, prevalência essa semelhante àquela observada na população geral. Promover a prática de atividade física entre adolescentes - especialmente entre meninas - com HIV/Aids, assim como monitorá-la, deve fazer parte da rotina de acompanhamento desses pacientes. (AU)

Processo FAPESP: 08/53322-7 - Qualidade de vida e sua relação com o curso de vida de crianças e adolescentes portadores de HIV/AIDS
Beneficiário:Maria Do Rosario Dias de Oliveira Latorre
Linha de fomento: Auxílio à Pesquisa - Regular
Processo FAPESP: 10/01187-9 - Avaliação da qualidade da dieta e níveis de atividade física em adolescentes vivendo com HIV/AIDS
Beneficiário:Luana Fiengo Tanaka
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Mestrado