Busca avançada
Ano de início
Entree
(Referência obtida automaticamente do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores.)

Análise espacial da transmissão de dengue em cidade de porte médio do interior paulista

Texto completo
Autor(es):
Adriano Mondini ; Francisco Chiaravalloti Neto ; Manuela Gallo Y Sanches ; José Carlos Cacau Lopes
Número total de Autores: 4
Tipo de documento: Artigo Científico
Fonte: Revista de Saúde Pública; v. 39, n. 3, p. -, Jun. 2005.
Resumo

OBJETIVO: Analisar espacialmente a transmissão de dengue entre setembro de 1990 e agosto de 2002 em cidade de porte médio do interior paulista. MÉTODOS: Utilizaram-se casos autóctones confirmados laboratorialmente e dados populacionais de São José do Rio Preto, obtidos da Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística e da Prefeitura Municipal. Os casos foram geocodificados a partir do eixo de logradouros e agrupados segundo os 432 setores censitários do município, resultando em mapas temáticos. RESULTADOS: Notou-se tendência ascendente das incidências anuais com pico em 2000/2001. Entre 1990 e 1994 a duração da transmissão atingiu, no máximo, cinco meses em cada período, com aumento nos anos seguintes. No último período, ocorreu nos 12 meses, sem interrupção. A análise do período de maior incidência mostrou que a transmissão não ocorreu uniformemente. Enquanto 29% dos setores registraram incidências inferiores a mil casos por 100 mil habitantes, 5% deles ultrapassaram os cinco mil casos. CONCLUSÕES: Observou-se o processo da endemização, com transmissão durante todo o ano, sem a necessidade de introdutores. A característica endêmica da transmissão e a ocorrência diferenciada segundo áreas devem ser levadas em conta na estruturação de estratégias para o controle de dengue. (AU)

Processo FAPESP: 03/12151-1 - Analise espacial e temporal da transmissao da dengue e caracterizacao do processo endemico no municipio de sao jose do rio preto, sp.
Beneficiário:Adriano Mondini
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Mestrado