Busca avançada
Ano de início
Entree
(Referência obtida automaticamente do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores.)

A duração da pausa silente difere entre palavras de classe aberta ou fechada?

Texto completo
Autor(es):
Paula Renata Pedott ; Letícia Bondezan Bacchin ; Ana Manhani Cáceres-Assenço ; Debora Maria Befi-Lopes
Número total de Autores: 4
Tipo de documento: Artigo Científico
Fonte: Audiol., Commun. Res.; v. 19, n. 2, p. -, Abr. 2014.
Resumo

Objetivo Verificar se o tempo médio das pausas silentes difere para a classe das palavras (aberta ou fechada) e se há diferença entre esse tempo para crianças em desenvolvimento típico de linguagem e crianças com distúrbio específico de linguagem (DEL), em cada tipo de palavra. Métodos Participaram da pesquisa 40 crianças em desenvolvimento típico de linguagem e 20 com DEL, com idade variando entre 7 e 10 anos. Cada sujeito elaborou 15 narrativas, baseadas em uma sequência de quatro cenas cada. Após a transcrição das amostras, as palavras foram classificadas como de classe aberta (substantivo, adjetivo, verbo, advérbio e numeral), ou fechada (artigo, preposição, pronome, conjunção e interjeição). Em um segundo momento, as amostras foram submetidas a um software para análise das pausas silentes, que permitiu o levantamento do tempo (milissegundos) das pausas imediatamente anteriores a cada uma dessas categorias gramaticais. Resultados Em ambos os grupos, a pausa silente foi mais longa quando precedia as palavras de classe fechada, sendo que o grupo com DEL, em geral, apresentou pausas silentes mais longas que seus pares. Conclusão A duração da pausa silente varia conforme a classe gramatical da palavra que será enunciada, sendo menor quando precede palavras de classe aberta. Além disso, o fato de os indivíduos com DEL apresentarem pausas silentes mais longas que seus pares, confirma a menor velocidade de seu processamento linguístico. (AU)

Processo FAPESP: 10/07637-6 - Estudo das pausas silentes em crianças com distúrbio específico de linguagem: variável classe de palavras
Beneficiário:Leticia Bondezan
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Processo FAPESP: 10/07613-0 - Estudo das pausas silentes em crianças com desenvolvimento normal de linguagem: variável classe de palavras
Beneficiário:Paula Renata Pedott
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Processo FAPESP: 09/14045-0 - Estudo das rupturas de fala em crianças com distúrbio específico de linguagem
Beneficiário:Débora Maria Befi-Lopes
Linha de fomento: Auxílio à Pesquisa - Regular