Busca avançada
Ano de início
Entree
(Referência obtida automaticamente do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores.)

Doença periodontal em doenças reumáticas pediátricas

Texto completo
Autor(es):
Gisele M.C. Fabri ; Cynthia Savioli ; José T. Siqueira ; Lucia M. Campos ; Eloisa Bonfá ; Clovis A. Silva
Número total de Autores: 6
Tipo de documento: Artigo Científico
Fonte: REVISTA BRASILEIRA DE REUMATOLOGIA; v. 54, n. 4, p. -, Jul. 2014.
Resumo

Gengivite e periodontite são doenças periodontais imunoinflamatórias caracterizadas por infecções localizadas crônicas geralmente associadas a uma inflamação insidiosa. Essa revisão narrativa discute doenças periodontais e mecanismos que influenciam a resposta imune e a autoimunidade na área das doenças reumáticas pediátricas (DRP), particularmente a artrite idiopática juvenil (AIJ), lúpus eritematoso sistêmico juvenil (LESJ) e dermatomiosite juvenil (DMJ). Foi notada maior frequência de gengivite nessas doenças em comparação com controles sadios, enquanto casos de periodontite foram achados raros. Em pacientes com AIJ, a gengivite e a periodontite estavam relacionadas a fatores mecânicos, artrite crônica com incapacitação funcional, desregulação da resposta imunoinflamatória, dieta e medicamentos, principalmente corticosteroides e ciclosporina. Em pacientes com LESJ, a gengivite estava associada a períodos mais longos da doença, doses elevadas de corticosteroides, hiperativação dos linfócitos B e elevação da imunoglobulina G. São escassos os dados sobre doenças periodontais na população com DMJ; nos pacientes ativos, foi observado um padrão gengival singular, caracterizado por eritema gengival, dilatação dos capilares e formação arbustiforme. Em conclusão, gengivite foi a doença periodontal mais comum em pacientes com DRP. A associação observada com a atividade da doença reforça a necessidade de futuros estudos, com o intuito de determinar se a resolução dessa complicação irá influenciar o curso ou a gravidade da doença. (AU)

Processo FAPESP: 10/12035-5 - Terapia anti-TNF em doenças auto-imunes reumatológicas: abordagem de aspectos peculiares
Beneficiário:Gisele Maria Campos Fabri
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Processo FAPESP: 08/58238-4 - Autoimunidade na criança: investigação das bases moleculares e celulares da autoimunidade de início precoce
Beneficiário:Magda Maria Sales Carneiro-Sampaio
Linha de fomento: Auxílio à Pesquisa - Temático
Processo FAPESP: 09/51897-5 - Terapia anti-TNF em doenças auto-imunes reumatológicas: abordagem de aspectos peculiares
Beneficiário:Eloisa Silva Dutra de Oliveira Bonfá
Linha de fomento: Auxílio à Pesquisa - Temático