Busca avançada
Ano de início
Entree
(Referência obtida automaticamente do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores.)

Repercussões imunológicas dos distúrbios do sono: o eixo hipotálamo-pituitária-adrenal como fator modulador

Texto completo
Autor(es):
Beatriz Duarte Palma ; Paula Ayako Tiba ; Ricardo Borges Machado ; Sergio Tufik ; Deborah Suchecki
Número total de Autores: 5
Tipo de documento: Artigo Científico
Fonte: Revista Brasileira de Psiquiatria; v. 29, p. -, Maio 2007.
Resumo

OBJETIVO: Revisar a literatura a respeito da interação entre sono e sistema imunológico. MÉTODO: Busca no Web of Science e no PubMed com os descritores: sono, privação de sono, estresse, eixo hipotálamo-pituitária-adrenal, sistema imunológico e doenças auto-imunes. RESULTADOS: Foram encontrados 588 artigos no Web of Science. As 61 referências mais significativas e mais relacionadas aos objetivos do estudo foram utilizadas. Foram incluídos artigos originais e de revisão. CONCLUSÃO: A privação de sono e o sistema imunológico exercem e sofrem influências mútuas. A privação de sono é considerada um estressor, uma vez que induz a elevação do cortisol em seres humanos - ou da corticosterona em roedores. Os glicocorticóides, por sua vez, exercem um efeito imunossupressor. Por essas razões, foi proposto que o aumento da ativação do eixo hipotálamo-pituitária-adrenal seja um importante mediador das alterações imunológicas observadas em pacientes com insônia ou privados de sono. (AU)

Processo FAPESP: 98/14303-3 - Center for Sleep Studies
Beneficiário:Sergio Tufik
Linha de fomento: Auxílio à Pesquisa - Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão - CEPIDs