Busca avançada
Ano de início
Entree
(Referência obtida automaticamente do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores.)

Relations Between Reading, Vocabulary and Phonological Awareness in low-Income Children

Título (Português): Relações entre Leitura, Consciência Fonológica e Vocabulário em Crianças de Baixa Renda
Texto completo
Autor(es):
Heloisa Helena Motta Bandini ; Carmen Silvia Motta Bandini ; Adhemar Ranciaro Neto
Número total de Autores: 3
Tipo de documento: Artigo Científico
Fonte: Paidéia; v. 27, n. 68, p. -, Dez. 2017.
Resumo

Abstract: Phonological awareness, intelligence, vocabulary and socioeconomic status (SES) have been considered important variables in the acquisition of reading. Nevertheless, attention deficit is associated to low reading performance. The purpose of this work was to investigate correlations among phonological awareness, vocabulary, intelligence, focused attention and reading skills in children with low SES exposed to a non-effective teaching environment. This study included 111 children belonging to socioeconomic classes D and E who were enrolled at a state school. Results pointed to a positive correlation among vocabulary, intelligence, phonological awareness and reading scores. There was no significant correlation between attention measures and reading ability. The relations among the variables continued, even in a population with low SES, although bad teaching environment acts as a limiting factor for the students’ development of their reading ability. (AU)

Resumo

Resumo: Consciência fonológica, inteligência, vocabulário e nível socioeconômico vêm sendo consideradas variáveis importantes para a aquisição da leitura. Ao mesmo tempo, déficits de atenção vêm sendo relacionados ao mau desempenho em leitura. O objetivo foi investigar as correlações entre as habilidades de consciência fonológica, vocabulário, inteligência, atenção concentrada e leitura em crianças de baixo nível socioeconômico expostas a ambiente precário de ensino. Participaram 111 crianças de uma escola pública, pertencentes às classes socioeconômicas D e E. Os resultados indicaram correlações positivas entre as habilidades de vocabulário, inteligência, consciência fonológica e leitura. A atenção não contribuiu para a explicação da competência em leitura. Verificou-se que as relações entre as variáveis em questão são mantidas, mesmo em populações de baixo nível socioeconômico, entretanto, o ambiente precário de ensino pode ser um fator limitante para a expansão da capacidade de leitura dos estudantes. (AU)

Processo FAPESP: 08/57705-8 - Instituto de Estudos sobre Comportamento, Cognição e Ensino
Beneficiário:Deisy das Graças de Souza
Linha de fomento: Auxílio à Pesquisa - Temático