Busca avançada
Ano de início
Entree
Conteúdo relacionado
(Referência obtida automaticamente do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores.)

ENVIRONMENTAL CONFLICTS AT SÃO PAULO MACROMETROPOLIS: PARANAPIACABA AND SÃO SEBASTIÃO

Título (Português): CONFLITOS AMBIENTAIS NA MACROMETRÓPOLE PAULISTA: PARANAPIACABA E SÃO SEBASTIÃO
Texto completo
Autor(es):
PEDRO HENRIQUE CAMPELLO TORRES ; RUTH FERREIRA RAMOS ; LEANDRA GONÇALVES REGINA
Número total de Autores: 3
Tipo de documento: Artigo Científico
Fonte: Ambiente & Sociedade; v. 22, p. -, 2019.
Resumo

Abstract The objective of this paper is to analyze two cases of environmental conflicts in the region of Macrometropolis Paulista related to territorial development on the installation of large logistics enterprises, seeing how they fit into the logic of planning and vision of the state as well as the reactions of civil society to impacts that such projects bring with them. In Latin America, the urbanization process from the second half of the twentieth century produced the formation of large cities such as São Paulo, Mexico City and Santiago, for example. From the 2000s, a new urban phenomenon has received attention of planners and researchers: the urban territorial expansion of the metropolis and the formation of this territory as a city-region. The question here is how this metropolitan expansion is related to natural resources and the tensions inherent in the contemporary production process space. (AU)

Resumo

Resumo O objetivo deste artigo é analisar dois casos de conflitos ambientais, na região da Macrometrópole Paulista, relacionados ao desenvolvimento territorial quanto à instalação de grandes empreendimentos logísticos, verificando como eles se enquadram na lógica de planejamento e visão do Estado, assim como as reações da sociedade civil aos impactos que tais empreendimentos trazem consigo. Na América Latina, o processo de urbanização, a partir da segunda metade do século XX, produziu a formação de grandes cidades, como São Paulo, Cidade do México e Santiago, por exemplo. A partir dos anos 2000, um novo fenômeno urbano tem recebido atenção de planejadores e pesquisadores: a expansão territorial urbana da metrópole e a formação desse território como cidade-região. A questão aqui é como essa expansão metropolitana está relacionada aos recursos naturais e às tensões inerentes ao processo de produção contemporâneo do espaço. (AU)

Processo FAPESP: 18/06685-9 - Novos meios de cooperação científica para a inovação na Governança Socioambiental da Macrometrópole Paulista
Beneficiário:Pedro Henrique Campello Torres
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Processo FAPESP: 18/00462-8 - Oportunidades e fragilidades da gestão costeira integrada no litoral paulista no contexto da governança da macrometrópole
Beneficiário:Leandra Regina Gonçalves Torres
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado