Busca avançada
Ano de início
Entree
(Referência obtida automaticamente do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores.)

Problemas de sono em idosos estão associados a sexo feminino, dor e incontinência urinária

Texto completo
Autor(es):
Claudia Roberta de Castro Moreno ; Jair Licio Ferreira Santos ; Maria Lúcia Lebrão ; Melissa Araújo Ulhôa ; Yeda Aparecida de Oliveira Duarte
Número total de Autores: 5
Tipo de documento: Artigo Científico
Fonte: Revista Brasileira de Epidemiologia; v. 21, p. -, 2018.
Resumo

RESUMO: Objetivos: A prevalência de problemas de sono em idosos, como insônia, é uma questão relevante em nossa sociedade. A má qualidade do sono, por exemplo, é vista por muitos como um resultado inevitável do envelhecimento. Neste contexto, este estudo teve como objetivo estimar a prevalência e os fatores associados a distúrbios do sono em homens e mulheres idosos (60 anos ou mais). Métodos: O presente trabalho é parte do estudo de coorte Saúde, Bem-Estar e Envelhecimento (SABE), realizado em São Paulo, Brasil. A amostra deste estudo transversal constituiu-se de 1.334 idosos com 60 anos ou mais. Os distúrbios foram avaliados com base nas respostas dos participantes, levando em conta se eles tinham experimentado qualquer perturbação do sono no mês anterior. Resultados: Dentre os avaliados, 44,9% indicaram distúrbios do sono em geral, sendo esses mais frequentes em mulheres (51,5%) e na faixa etária de 75 a 79 anos (48,2%). De acordo com a análise de regressão, gênero, doenças articulares, noctúria e incontinência urinária foram associados aos distúrbios, sobre os quais também foi verificado que seu aumento não é linearmente dependente da idade. Conclusões: Sexo, dor, incontinência urinária e noctúria são fatores associados a distúrbios do sono em idosos. Assim, concluímos que a sua ausência está associada ao gênero e ao estado de saúde. (AU)

Processo FAPESP: 09/53778-3 - Estudo longitudinal sobre as condições de vida e saúde dos idosos do município de São Paulo - estudo SABE
Beneficiário:Maria Lúcia Lebrão
Linha de fomento: Auxílio à Pesquisa - Temático